Fabrício Queiroz e esposa ganham liberdade

O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ), Milton Fernandes de Souza, expediu hoje (17) um alvará para a soltura de Fabrício Queiroz e sua esposa Márcia Aguiar. Ambos são investigados no escândalo das “rachadinhas”, no qual Queiroz é acusado de ser o principal articular do esquema de repasses dos salários dos assessores do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, hoje senador.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), entendeu que o habeas corpus que garantia a prisão domiciliar do ex-assessor havia perdido seu o objeto, tendo como base uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que determinou que a prisão domiciliar de ambos fosse substituída por medidas cautelares. Assim, com a mudança da pena, a reclusão não faria mais sentido e os dois estão livres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 18 =