Fabrício Queiroz deixa sua casa para fazer exames na Barra da Tijuca e depois poderá seguir para carceragem

Após o ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal Federal (STF), revogar a prisão domiciliar de Fabrício Queiroz e sua esposa, Márcia Aguiar, na quinta-feira (13), o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro deixou sua residência, no bairro da Taquara, na Zona Oeste, por volta das 11h30 dessa sexta-feira (14).

Segundo seu advogado, ele teria ido realizar exames no ombro, numa clínica particular, na Barra da Tijuca, mas não confirmou se logo depois seria conduzido para o Complexo Penitenciário de Gericinó, por determinação da Justiça. Márcia Aguiar não foi vista junto com Fabrício, no momento que este deixa a residência para a realização de exames. A defesa de Queiroz afirmou que havia recebido com surpresa a decisão de quinta-feira, e que está buscando revertê-la. Segundo a defesa do casal, eles fazem parte de grupo de risco.

Queiroz estava em prisão domiciliar desde o dia 9 de julho, após o presidente do STJ ter concedido o benefício de prisão domiciliar para ele e a mulher. Márcia, por sua vez estava foragida desde o dia 18 de junho, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Anjo, que resultou na prisão de Queiroz. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro chegou a ficar preso no Complexo de Gericinó, após a prisão na casa do advogado Frederick Wassef, amigo da família Bolsonaro. Márcia só se reapresentou após o benefício da prisão domiciliar, onde colocou tornozeleira eletrônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =