Exposição mostra impactos ambientais causados pelos humanos

O navio laboratório Tara chega ao Rio em novembro após uma viagem que começou em dezembro de 2020 pela costa da América do Sul. Uma equipe de cientistas estudam o microbioma oceânico e as suas interações com o clima e os dejetos produzidos pelos homens. Como parte da programação, o Reserva Cultural de Niterói receberá a exposição ‘Matérias plásticas: vidas selvagens’, entre os dias 3 e 10 de novembro.

“Matérias plásticas – vidas selvagens” é fruto de pesquisa e trabalho de campo realizado no Vietnã pelo Instituto Francês de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD na sigla em francês). Em 22 imagens, com tradução trilíngue, a exposição apresenta impactos ambientais e humanos dos dejetos nas sociedades.

Depois do Rio o navio irá para Florianópolis. A expedição seguirá do Atlântico até a África e depois à Antártida. A visitação poderá ser feita de 3 a 10 de novembro, de terça a domingo, das 12h às 23h. A entrada é gratuita e o Reserva Cultural Niterói fica na Avenida Visconde do Rio Branco, 880 no bairro São Domingos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =