Exposição mostra espaços arquitetônicos em tinta acrílica

A artista visual Elisa Latgé vai abrir a exposição “A arquitetura da pintura”, no dia 8 de outubro, terça-feira, às 19h, na Sala José Cândido de Carvalho. A curadoria é assinada por Desirée Monjardim. Na mostra, obras em tinta acrílica sobre tela que revelam a volumetria dos espaços arquitetônicos.

“Neste exercício de retratar recortes de construções, luz e sombra são consequência natural, assim como o uso da repetição de módulos que resultam ritmos visuais interessantes”, explicou a artista. Em alguns trabalhos, a presença da realidade tridimensional dos prédios é fortemente marcada, em outros, ela é menos óbvia. Neste caso, a geometria é mais clara. No processo retratado, a abstração ocorre, dissolve-se a figuração e praticamente não se reconhece o prédio. O trabalho é quase gráfico, chapado, plano, sem a presença da profundidade.

Elisa é movida por extrair da imagem arquitetônica uma narrativa poética. “Desde sempre na história da arte, o arquiteto pintor ou o pintor arquiteto vem produzindo, junto ou em paralelo, imagens e construções que unem, comentam ou complementam essas duas ciências”, contou Chico Cunha, artista e professor da EAV Parque Lage, onde Elisa estudou.

Todos esses assuntos que são caros para a história da arte, estão presentes nas obras apresentadas pela artista e, na exposição, se unem para criar um comentário sensível entre paisagem urbana, arquitetura e o cotidiano das pessoas.

Elisa Latgé é arquiteta, fez cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, EAV, foi aluna do Chico Cunha, Luiz Ernesto e Iole de Freitas.
A visitação será até 09 de dezembro, sempre de segunda a sexta, das 9h às 17h. A Sala José Candido de Carvalho fica na Rua Presidente Pedreira, 98 no Ingá. Mais informações pelo telefone (21) 2719-6939.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *