Ex-chefe do Morro do Estado é preso em Santa Maria Madalena

Carlos Alexandre dos Santos Souza, o Parafal, 35 anos, foi preso por policiais da 76ªDP (Centro) em Santa Maria Madalena, norte Fluminense, no início da manhã de ontem. Ele era apontado como o Número 1 na hierarquia do tráfico de drogas no Morro do Estado, no Centro. No entanto, há uma semana ele foi deposto do cargo e expulso da comunidade pelo criminoso conhecido como Gabriel da Silva Barbosa, o Rato, que ocupou seu lugar. Ele fugiu com a família para a cidade por medo de ser morto por traficantes. Ele chegou a ser agredido fisicamente pelos criminosos. Com ele, a polícia não encontrou nada. Não houve resistência no momento da prisão.

Somente pela 76ªDP já constavam quatro mandados de prisão em aberto para o acusado, dois por tráfico de drogas e dois por roubo. Segundo Glaucio Paz, delegado da distrital, Para-fal substituiu os criminosos Mosquito do Boladinho, que já foram presos. O acusado é investigado desde o final de 2015.

“Ele responde também por roubo qualificado e tráfico de drogas. Ele se esconde da polícia faz tempo e agora fugiu do morro. Na verdade, ele foi expulso. Depois que soubemos disso, procuramos a família e conseguimos descobri que há familiares em Santa Maria Madalena e iniciamos a ação hoje às 2 horas”, disse.

Pela hierarquia do tráfico no Morro do Estado já foram presos os donos identificados como Anão e Munrá. Os gerentes S10, Th e Lecão também já foram presos. Os “soldados” Sandro, Meleca, Tralha, Joy, Wl, Chistian e Tia Lu também já foram capturados.

A polícia procura agora por Elton Gomes da Silva, o Elton “7”; Lindomar Dias Ferreira Gomes, o Baixinho Omar; Edimilson da Conceição, conhecido como, Cicatriz; Leonardo Ribeiro dos Santos, o Léo Chora; Maykon Soares dos Santos, o MK; Cristiano Miranda Ferreira, o CR; Matheus Erick Andrade Guimarães, o Canibal; Alexandre Alves Jesus Moura, vulgo Xã, além de Rato, o atual dono do morro.

Prisão do Boladinho –
Wanderson Rodrigues, mais conhecido “Boladinho”, foi preso em maio deste ano em Santa Isabel, em São Gonçalo, na casa da namorada. Ele responde por associação ao tráfico e porte ilegal de arma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 8 =