Evento debate impactos da inteligência artificial na educação

Foi lançada, em evento on-line com a participação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, a publicação “Impactos da difusão da Inteligência Artificial (IA) na educação técnica de nível médio no Brasil”. A iniciativa foi realizada pela Unesco do Brasil, com o apoio Ministério da Educação, e apresentada em webinar. O documento publicado busca identificar as atividades ocupacionais que poderão sofrer alterações nos próximos 10 anos. A análise foi feita com a utilização de uma ferramenta metodológica que apresenta a trajetória de como as atividades profissionais têm mudado ao longo dos anos.

O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Wandemberg Venceslau, ressalta que a publicação traz um diagnóstico de extrema relevância para a educação profissional, uma vez que as mudanças tecnológicas refletem diretamente em mudanças na economia. “O Ministério da Educação, por meio da Setec, enquanto formulador das principais políticas de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) tem que estar, de fato, antenado a essas mudanças que tem ocorrido. A inteligência artificial também possibilita, de certa forma, o aumento da produtividade do setor econômico”, informou.

Ainda segundo ele, ao contrário do que se esperava, a chegada das novas tecnologias baseadas em inteligência artificial, trouxeram para a economia um aumento no desempenho e de possibilidades. “Na verdade, toda a história econômica mostra que o desenvolvimento tecnológico faz surgir novas oportunidades para a sociedade, a partir de uma maior produtividade”, afirmou o secretário ao relatar que, para o processo de ensino ser mais eficiente é preciso que o Estado esteja preparado a perceber essas mudanças, para que sejam aplicadas nas suas políticas.

Durante o painel foram apresentados os principais pontos acerca dos impactos da inteligência artificial, abordando alguns desafios ligados diretamente a educação. Além disso, o evento trouxe reflexões acerca de como a inteligência artificial aliada à educação pode inovar as práticas de ensino e aprendizagem, além de acelerar o progresso em direção ao ensino de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =