Estudo aponta que vacina CoronaVac apresenta resultados promissores

Em um estudo, publicado hoje apontou que a CoronaVac, vacina contra o coronavírus, que está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e testada no Brasil, é segura e foi capaz de criar anticorpos em 97% de 700 voluntários que participaram da fase de testes 1 e 2 na China. O anúncio representa esperança para milhões de pessoas.

Os resultados divulgados foram das fases um e dois e não tinham por objetivo determinar a eficácia da vacina, mas, segundo os pesquisadores, pode indicar que ela “fornece proteção suficiente”, com base em outras vacinas já testadas e em estudos pré-clínicos realizados em macacos.

Os pesquisadores chineses conseguiram isolar e enfraqueceram o novo coronavírus para criar a vacina. De acordo com o estudo, quando a dose é injetada no corpo, o sistema de defesa aprende a lidar com um inimigo que não ataca. O estudo verificado por outros cientistas mostrou mais eficácia com duas doses em um intervalo de duas semanas. Mas o nível de anticorpos de quem tomou a CoronaVac é, na média, a metade de quem teve a Covid-19 e se curou. Ainda assim, os pesquisadores da CoronaVac estão confiantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 10 =