Estradas terão esquema especial de final de ano

Raquel Morais

As principais rodovias que cortam as cidades de Niterói, São Gonçalo, além dos municípios da Região dos Lagos, vão contar com planejamento especial, para redução dos congestionamentos, comuns na época de fim de ano. A BR-101, mais conhecida como Avenida do Contorno, além da Ponte Rio-Niterói, RJ-106 e da Via Lagos, principal via que liga a Região Metropolitana II para cidades como Búzios e Cabo Frio, por exemplo, vão receber esquema especial como reforço no monitoramento e segurança e suspensão das obras.

Na Ponte Rio-Niterói, a concessionária Ecoponte vai reforçar o efetivo dos colaboradores e do monitoramento por câmeras. O pedágio terá todas as cabines funcionando e também contará com papa-filas nos horários de rush.

Na BR-101, a Arteris pontuou que não fará obras durante o dia que precisem de interdições de pistas ou faixas a partir do próximo dia 14. A mudança será no trecho de Rio Bonito a Niterói (Km 260 ao 322). Assim como a Ponte, também terá reforço do efetivo.

Já a CCR Via Lagos divulgou que também terá reforço operacional e contratação temporária para a praça de pedágio. E fará planejamento de obras, evitando a realização delas aos fins de semana e vésperas de feriados (exceção emergenciais).

As alterações foram anunciadas pela Secretaria de Estado de Transportes através de uma reunião com as Secretarias das Cidades e de Turismo e representantes de órgãos de segurança, como a Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Nosso objetivo é verificar a necessidade de implementar um plano de contingência e de novas operações de tráfego para a mitigação dos congestionamentos. A ideia é promover um conjunto de ações integradas no que tange à melhoria de condições das rodovias estaduais e federais de acesso a esses locais”, destacou o secretário de Estado de Transportes, Delmo Pinho.

Segundo nota da Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), durante o encontro também foram discutidas ações de Segurança Pública e de combate ao transporte irregular de passageiros. A reunião aconteceu no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − três =