Estácio de Sá sobe para o Grupo Especial do Rio de Janeiro

Com uma bateria na arquibancada, a Estácio de Sá comemorou o título da Série A do carnaval do Rio de Janeiro neste ano. Vizinha do Sambódromo, a Estácio levou muitos torcedores às arquibancadas da Praça da Apoteose, e o clima foi de festa a cada 10 lido pelo locutor Jorge Perlingeiro, narrador da apuração dos votos do desfile das escolas de samba há quase 30 anos.

A segunda colocada foi a niteroiense Acadêmicos do Cubango, e a terceira, a Porto da Pedra, de São Gonçalo.

Com a vitória, a escola vermelha e branca volta ao Grupo Especial em 2020 e buscará seu segundo título entre as principais agremiações do Rio.

A Estácio desfilou com o enredo A Fé que Emerge das Águas, em homenagem ao Cristo Negro, imagem encontrada no Mar do Caribe.

Muito emocionado, o carnavalesco da escola, Tarcísio Zanon, comemorou o resultado em prantos. “Foi um ano muito difícil. De muito trabalho, de muita garra. Foi o ano em que meu pai foi curado de um câncer. Foi um ano sem dinheiro, e a gente entregou o nosso melhor. Essa comunidade merece”, afirmou Zanon.

Última colocada na Série A, a Alegria da Zona Sul foi rebaixada e sairá no próximo ano na Série B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *