Estação Guanabara promove Festival de Verão on-line

O projeto Estação Guanabara apresenta durante todos os sábados de março o Festival de Verão. Cada semana o público vai conferir através do canal do youtube Estação Guanabara um show diferente, e tudo regado com muito samba. Ainda no clima de carnaval, o Festival de verão reúne quatro shows apresentando as bandas: Samba no Prato, liderado pela cantora Mônica Mac; Filhos de Oxossi, com Luiza Dionízio e André Jamaica; Rio e Seus Baluartes – Tributo a Roberto Ribeiro, com Zé Luiz do Império, Iracema Monteiro e Alex Ribeiro e para fechar o festival com clima de carnaval, Mulheres de Zeca, com Dorina, Nina Rosa e Bia Aparecida.

Todos os shows serão gravados no Museu de Arte Contemporânea-MAC, na cidade de Niterói, sendo o primeiro projeto musical a ocupar o museu mais visitado pelos turistas na cidade niteroiense. O Museu de Arte Contemporânea (MAC), inaugurado em 2 de setembro de 1996, é o atual símbolo da cidade de Niterói. A forma futurista criada por Niemeyer tornou-se um marco da arquitetura moderna mundial, sendo considerada uma das sete maravilhas do Mundo em museus pela mídia especializada.

Estação Guanabara surgiu com a proposta de ser um evento híbrido e itinerante, por isso se chama ‘estação’, para designar um símbolo que está em transição territorial, e aporta sua embarcação em diferentes estações e cidades, apresentando ao público o encontro da música, lazer, gastronomia e arte, tudo em um só local e atraindo um público que atinge desde as crianças até os idosos.

O festival de verão é uma proposta exclusiva deste edital e será promovido integralmente através da transmissão no canal do youtube institucional do projeto. Estação Guanabara e visa incentivar a produção artística e cultural, estimular a permanência das pessoas em casa, a fim de evitar maior contaminação do vírus Covid-19. Sendo assim, o Festival de Verão Estação Guanabara irá inserir em sua proposta a campanha #ficaemcasa.

O Samba no Prato será no dia 6, sábado às 17h, e é um projeto onde o prato é um dos principais instrumentos, nele o prato tem momentos só seus, vira o ator principal. Já imaginou uma roda de samba com 6 pratos (pratos mesmo, de louça) sendo tocados ao mesmo tempo? É isso que acontece. O repertório que passa por Cartola, Noel Rosa, Roberto Ribeiro, Clara Nunes, Beth Carvalho e etc, recebe o molho dos feras da nossa MPB como Djavan, Gonzaguinha, João Bosco dentre outros. No carnaval o “prato” fica mais suculento com um cardápio mais variado que passa pelos sambas antológicos de outrora, pelas marchinhas e recebe aquele molho da Bahia.

O velho samba servido com carinho é formado por: Mônica Mac (voz), Almir Sodré (Pandeiro e voz), Hernani Valente (Cavaquinho e voz), Joel Araújo (Violão 6 cordas e voz), Dinho Rosa (Surdo), Gabriel Policarpo (Percussão geral), Luciano King (Bateria).

A primeira edição aconteceu em maio de 2019, no Caminho Niemeyer, em Niterói, e posteriormente fez a segunda edição no Rio de Janeiro, em Santa Teresa, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, com o tema Arraiá da Laurinda, e a terceira edição foi em outubro. Em 2020 todas as atividades foram suspensas devido à pandemia COVID-19.

Para assistir o show basta entrar no site https://www.youtube.com/channel/UCSzBnFcoO3R92v1IYT1uMiA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =