Escritor americano tem um superanticorpo contra a Covid-19

O escritor americano John Hollis, de 54 anos, foi voluntário em uma pesquisa liderada pelo médico Lance Liotta, na Universidade George Mason, sobre a Covid-19. O resultado foi surpreendente e se ele achou que iria contrair a doença após o amigo com quem dividia apartamento ter contraído o coronavírus no ano passado, a notícia foi muito melhor do que o resultado negativo. Além de não ser infectado ele descobriu que possui um superanticorpo que o deixa imune à Covid-19 e as suas mutações e variantes.

O vírus entra no corpo dele e não consegue infectar as células. Ele tem permanentemente feito exames de sangue e cada vez mais os resultados mostram os anticorpos, que estão sendo estudados na pesquisa. Uma estimativa do professor é que a diluição dos anticorpos nele é de ‘1 para mil’ e ainda matam 99% dos vírus.

John Hollis trabalhava na própria universidade no setor de comunicação e chegou a deixar uma carta para o filho em caso de acontecer algo com ele em relação à Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 16 =