Escolas municipais de Cabo Frio recebem computadores doados pela Petrobras

A Petrobras, através do programa “Janelas Para o Amanhã”, anunciou a doação de computadores para 18 escolas da rede municipal de Cabo Frio, na Região dos Lagos. As máquinas já foram usadas pela empresa, mas passaram por recondicionamento, estando em perfeitas condições de uso, com vida útil ampliada, de acordo com a Petrobrás. Também contarão com suporte técnico pelo período de dois anos a partir da data da entrega.

Serão doados até 40 computadores por escola. Além disso, os profissionais de educação também receberão capacitação, via projeto social, para aperfeiçoamento de prática docente através de tecnologias digitais para professores de escolas do ensino fundamental, e formação em empoderamento digital para jovens do ensino médio.

A distribuição aconteceu da seguinte forma: sete unidades de Tamoios vão receber os equipamentos e o restante será destinado ao primeiro distrito. Confira abaixo a relação completa das unidades que vão receber os computadores.

Tamoios:

Centro Educacional Municipal Professora Marli Capp (Unamar)

E. M. Professora Ana Pereira Gonçalves (Unamar)

E. M. Professora Amélia Ferreira (Unamar)

E. M. Palmira Bessa de Figueiredo (Loteamento Santa Margarida)

E. M. Edith Castro dos Santos (Aquarius)

E. M. Professora Alitta Maria do Valle (Gargoá)

E. M. João Evangelista dos Santos (Botafogo)

Primeiro distrito:

E. M. São Cristóvão (São Cristóvão)

E. M. Américo Vespúcio (Parque Burle)

E. M. Robinson Carvalho de Azevedo (Parque Burle)

E. M. Professora Tânia Maria Gomes de Ávila (Guarani)

E. M. Deodoro Azevedo (Guarani)

E. M. Luis Lindenberg (Guarani)

E. M. Achilles Almeida Barreto (Porto do Carro)

E. M. Professora Elicéa da Silveira (Gamboa)

E. M. Professora Izabel dos Santos Machado (Jardim Caiçara)

E. M. José Francisco da Silveira Júnior (Jardim Esperança)

E. M. Professor Oswaldo Santa Rosa (Guriri)

O projeto “Janelas para o Amanhã” prevê a capacitação em tecnologia da informação para cerca de 2.500 alunos e dois mil professores de escolas da rede pública nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo, além da doação de mais de nove mil computadores. A iniciativa tem potencial para ampliar o acesso digital a mais de 50 mil estudantes dos ensinos fundamental e médio até 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =