Escolas mantêm precaução sobre o retorno presencial em Niterói

Praticamente seis meses depois do início da pandemia, as escolas particularesde ensino médio foram autorizadas a retomarem suas atividades hoje, mas obedecendo a protocolos de vigilância. A determinação para suspensão das aulas ocorreu no dia 15 de março. Muitas unidades escolares, porém, não reabriram, preferindo a precaução e a adaptação aos protocolos de prevenção exigidos pelas autoridades. Entre as exigências, estão o uso de máscara, de higienização, e de distanciamento. Em Santa Rosa e Icaraí, por exemplo, várias escolas se mantiveram fechadas.

Unidades, como Instituto La Salle-Abel, Colégio São Vicente de Paulo (em Icaraí), Colégio Marília Mattoso (São Domingos), Instituto Gay Lussac e Colégio Nossa Senhora da Assunção, Escola Canadense Maple Bear (São Francisco), Jardim de infância Aldeia Curumim (Vila Progresso), Colégio Paulo Freire (Engenho do Mato), e Instituto Dom Bosco (Centro), não retomaram hoje as atividades.

A data de retorno das aulas de Ensino Fundamental e Educação Infantil, ainda não foi determinada, segundo a administração municipal, será quando a cidade atingir ao nível Amarelo 1. Por enquanto, o estágio é Amarelo 2. No último dia 17, numa live realizada no Gabinete de Crise, o prefeito Rodrigo Neves havia anunciado a retomada do Ensino Médio na cidade, a partir de um estudo da Sociedade de Pediatria do Estado Rio de Janeiro.

Segundo ele, a faixa dos adolescentes era a mais indicada para o retorno. O retorno seria um projeto piloto, com base técnica da entidade, onde reforça a necessidade de se ter um planejamento da retomada gradativa, com cuidados com os profissionais de Educação e os alunos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.