Ernesto Araújo pede demissão do cargo de ministro das Relações Exteriores

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, não suportou a pressão e pediu demissão do cargo nesta segunda-feira (29), segundo pessoas próximas a ele. A saída se dá após a pressão de parlamentares, principalmente dos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

A condução da política externa brasileira vinha sendo bastante criticada, notadamente pelas relações muito próximas aos EUA durante a presidência de Donald Trump e confrontos com o principal parceiro comercial, a China.

A pressão para sua saída aumentou, no entanto, nos últimos meses por conta da inércia do Governo Federal para comprar a vacina. A demora e o atraso na entrega dos imunizantes e dos insumos também pesaram para que a saída do ministro fosse pedida. Isso porque a vacina e os insumos são produzidos justamente pela China (além da Índia), com quem o governo se desentendeu.

Nem os aliados apoiavam mais o ministro. O líder governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse na última quinta-feira que “Ernesto Araújo não tem ambiente para negociar ajuda internacional ao Brasil para acelerar a chegada de vacinas”.

Ernesto Araújo foi anunciado por Jair Bolsonaro como ministro das Relações Exteriores ainda durante a transição de governo, em novembro de 2018. Sua gestão foi marcada por críticas aos governos anteriores na área da política externa.

Além disso, causou polêmica ao falar sobre o comunismo e afirmar que o nazismo e o fascismo eram de esquerda.

A carreira de Araújo no Itamaraty começou em 1991. Ocupou o cargo de diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty por dois anos antes de ser nomeado ministro.

O agora ex-ministro tem quase 30 anos de carreira, chegando ao posto máximo na hierarquia diplomática em junho de 2018, ao ser promovido a embaixador. Ele já trabalhou nas embaixadas do Brasil em Washington (EUA) e Ottawa (Canadá).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + dezoito =