Enfermeira é a primeira pessoa a ser vacinada com a Coronavac após aprovação

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada com a Coronavac, desenvolvida numa parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac, após a aprovação do imunizante pela Anvisa. A aplicação aconteceu às 15h30 deste domingo (17).

Mônica trabalha na linha de frente do combate ao coronavírus, no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo. Ela atua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, referência no atendimento de pessoas com a doença.

A escolha da enfermeira é simbôlica. Ela é uma profissional da saúde negra, além de ser obesa, hipertensa e diabética, portanto, integra o grupo de risco do coronavírus.

A vacinação aconteceu em ato no Hospital das Clínicas, também em São Paulo, e constou com a presença do governador do Estado, João Dória (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − quatro =