Encontro em Rio Bonito vai discutir temas ligados a turismo e saúde


Autoridades e empresários do município vão se reunir hoje, às 10h30, na sede do Centro Administrativo da prefeitura, em Rio Bonito, para debater com a deputada federal Clarissa Garotinho (PROS) sobre projetos nas áreas de saúde e turismo para o município. Na reunião Clarissa dará mais detalhes sobre uma emenda individual que reserva recursos, este ano, para o setor de atenção básica de saúde da região.

O encontro começa com uma recepção no gabinete do prefeito, Leandro Peixe (Republicanos), e presença do vice-prefeito, José Américo (PROS). Em seguida, a partir das 11h, haverá um evento aberto no auditório do prédio da prefeitura, com a participação também da secretária municipal de Saúde, Daiana Albino; do secretário municipal de Turismo, Janderson Muniz; e do trade de turismo local. O Centro Administrativo fica no KM 265 da BR-101, em Rio Bonito.


“Se já não bastassem todas as dificuldades pelas quais vêm passando nos últimos anos, as cidades do Estado do Rio vão precisar de toda ajuda possível para se recuperar no pós-pandemia. Nosso mandato está sempre à disposição, não só reservando recursos para a saúde, mas também discutindo alternativas para superarmos esse momento difícil”, disse a deputada Clarissa Garotinho.


Sobre o turismo, a atual gestão vem encarando como um dos caminhos para se desenvolver a economia da cidade, num eixo que engloba: incremento de turismo rural e de aventuras; criação de um parque municipal ambiental e esportivo onde é hoje a área de Proteção Ambiental Serra do Sambê; criação de um Circuito da Banana; e implementação de uma Guarda Parque. Segundo Janderson Muniz, o objetivo do encontro com a deputada Clarissa é discutir formas de “se conseguir apoio técnico para elaboração de projetos e abertura de canais para a obtenção de novos recursos”.


No Estado do Rio, Rio Bonito faz parte da região turística conhecida como Caminhos da Mata, juntamente com Itaboraí, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá. A cidade é atravessada pela Mata Atlântica (com cobertura florestal de 15,98%); é um habitat natural do Mico-Leão-Dourado; com sua topografia acidentada, tem trilhas, cachoeiras, além de farta quantidade de atrativos culturais, entre eles a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e o Engenho de Farinha, um casarão histórico erguido no século XIX.

Por pertencer à classificação C no Mapa do Turismo Brasileiro, do Ministério do Turismo, Rio Bonito tem o direito a “formalizar instrumentos de transferência voluntária de recursos, para execução de projetos e atividades integrantes do programa Turismo e respectivas ações orçamentárias que visem ao desenvolvimento, à promoção, à comercialização, à divulgação do turismo” (Portaria 39/2017, do Ministério do Turismo).

“Estamos muito otimistas com esse encontro. Acreditamos que Clarissa Garotinho possa ser o braço direito de Rio Bonito no Congresso”, disse o vice-prefeito José Américo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 8 =