Empresários estão sem perspectivas em Niterói

Aline Balbino

A crise econômica atingiu diretamente as lojas de Niterói e a esperança dos empresários parece esmorecer a cada dia. Com muitas lojas fechadas, principalmente, no Centro, comerciantes não acreditam que a economia se erguerá em 2017. Muitos empresários acreditam que a crise perderá um pouco da força, no entanto, não será suficiente para repor as perdas de 2015 e 2016. O número de lojas fechadas no Rio é assustador. De janeiro a março de 2016, 2.112 estabelecimentos comerciais foram fechados em todo o Estado do Rio de Janeiro. Em Niterói, somente em 2015, 420 lojas fecharam as portas.

Segundo Luiz Vieira, presidente interino da Câmara de Lojistas (CDL) de Niterói, os setores que mais sofreram com a crise foram os de produtos supérfluos e os de bens duráveis devido ao valor agregado e ao custo de financiamento. Questionado sobre uma possível melhora após a troca da presidência, Luiz Vieira, acredita que a crise deverá perder força.

“Esperamos que sim, pois os empresários já estão cansados de resultados ruins e até agora nenhuma medida para mudar este quadro. A esperança é que 2017 seja melhor, mas temos consciência de que não irá repor as perdas”, disse.

Lojas de shoppings também estão sofrendo com o recesso. No São Gonçalo Shopping é possível ver muitas lojas fechadas e um fluxo muito pequeno de pessoas. Em pleno início de mês, os corredores estavam vazios.

O fechamento de várias empresas consequentemente gera desemprego. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostraram que em agosto desse ano foram admitidos 3.764 novos empregados em Niterói. No entanto, 4.744 foram desligadas de seus empregos. Em São Gonçalo, foram demitidas 2.954 contra 2.693 admissões.

Sem carteira de trabalho – A Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab), suspenderá, temporariamente a partir da segunda-feira (10), o atendimento de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) até receber as carteiras manuais e até que seja expedida normativa do MTE sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =