Empresário escapa da morte na Região Oceânica de Niterói

Wellington Serrano –

Bandidos armados tentaram assaltar um empresário na madrugada de ontem na Estrada do Engenho do Mato, em frente ao Bar do Tota, na Região Oceânica de Niterói. Pelo menos dois criminosos atacaram o carro de Jonny Albrecht a 200 metros da praça principal do bairro. As informações são da própria vítima, que relatou o susto nas redes sociais.

Albrecht contou que, apesar de nada ter sido roubado no ataque e ninguém ter ficado ferido, um tiro acertou o vidro da porta do motorista e saiu pelo para-brisa do veículo importado. O empresário disse que não fez registro na 81ª DP, (Itaipu), mas comunicou o fato ao Departamento de Policiamento Ostensivo (DPO), localizado na Praça Desembargador Jessir Gonçalves da Fonte.

Em seu desabafo em redes sociais, Jonny relatou a traumática experiência.

“Ontem, às 2h da manhã, estava chegando de Búzios em Niterói para comemorar o aniversário da minha filha… A quatro esquinas da minha casa, no Engenho do Mato tinha um carro parado. Quando passei me sai um bandido com uma arma na mão mandando eu parar. Não sei o certo, mas deitei para o lado e passei direto quando o infeliz fez um disparo contra o meu carro. A bala atravessou o vidro do motorista e o para-brisa dianteiro, onde por uma benção de Deus não acertou a minha cabeça por estar deitado. Niterói infelizmente está entregue à criminalidade! Por muita sorte e a mão de Deus não fui mais um para entrar nas estatísticas! Obs.: Já tinha passado pelo marginal quando ele efetuou o disparo. Então a sua única intenção era de me matar, pois já não conseguiria roubar nada”, comentou.

Segundo os índices de roubos dos registros na 81ª DP (Itaipu), delegacia que atende ao bairro, houve um crescimento de 10,6% nos primeiros meses deste ano: foram 643 em 2018 contra 581 no mesmo período de 2017, segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP). Os especialistas apontam para a ação de traficantes de drogas, que estariam controlando até mesmo serviços básicos, como a venda de gás, o que há tempo vem assustando moradores. Há relatos, também, de que bandidos da Rocinha estariam escondidos na região.

À frente da 81ª DP desde março, o delegado Ruchester Marreiros confirmou que todos os bairros da Região Oceânica atendidos pela delegacia são os mais sensíveis e perigosos.

“Desde que assumi a delegacia notei que as áreas com o maior índice de criminalidade são o Engenho do Mato e as imediações da Avenida Central. Chama a atenção o fato de os traficantes da região também estarem migrando para o roubo, mas a maioria dos criminosos presos não é do bairro. Como é uma região de passagem e de ligação com outros municípios, muitos bandidos de São Gonçalo atuam por lá”, concluiu o delegado.

Questionado sobre as ações de patrulhamento destinadas ao Engenho do Mato e à Avenida Central, o comandante do 12º BPM (Niterói), coronel Márcio Guimarães, explica que vai realizar ações de inteligência na região através da integração com a Polícia Civil e o batalhão de São Gonçalo (7ºBPM).

“Os esforços estão voltados através do reforço das viaturas do Proeis que atuam na região. Precisamos primeiro identificar a finalidade dos roubos de carros que estão saindo da nossa área”, disse o oficial.

Em nota, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos de Niterói informou que a iluminação do Engenho do Mato está dentro das normas da ABNT e que está em andamento uma parceria público-privada de iluminação pública, que tem como objetivo a troca de todo o parque de iluminação para lâmpadas de LED.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 14 =