Emplacamentos de veículos caem 29% em Niterói

Raquel Morais

Os emplacamentos de veículos em Niterói deram uma boa freada nos cinco primeiros meses deste ano. Na comparação com o mesmo período de 2016, a queda foi de 29,63%, o que confirma o cenário de crise na economia e um maior receio dos consumidores em comprar carros e fazer dívidas a longo prazo. Este ano, a cidade registrou 843 emplacamentos, ante os 1.198 de 2016.

Já São Gonçalo apresentou estabilidade, com pequena variação negativa de 0,40% no mesmo período.

A coach na área de trânsito, Marisa Dreys, explicou que diversos fatores podem explicar as variações na frota, não apenas a crise. “O valor econômico pode, ou não, estar relacionado com essas variações, mas é inegável que uma cidade com menos veículos traz uma melhor fluidez no trânsito. Isso reflete na melhoria para pedestres, motoristas e até mesmo o meio ambiente”, explicou.

A veterinária Camila Moraes, de 32 anos, comprou um carro zero quilômetro em 2015, mas confessa que não usa durante a semana. “Prefiro andar a pé, evito os congestionamentos, não gasto meu carro, faço bem para minha saúde e para o meio ambiente. Deixo para dirigir somente no final de semana. Tão cedo vou comprar outro carro”, apontou.

Apesar dos números serem mais positivos em São Gonçalo, os comerciantes do segmento não estão tão otimistas assim. De janeiro a maio de 2017 foram vendidos 3.738 veículos, o mesmo período de 2016 foram emplacados 3.723, o que mostra uma média nas comercializações. O empresário Airton Smith registrou queda de 20% nas vendas dos veículos novos e seminovos. “Temos um segmento muito específico de vendas.

O que continua linear são as vendas de carros que custam até R$ 20 mil e de 2010 em diante. Principalmente para motoristas que usam aplicativos para trabalhar, como o Uber. Atendemos muitas pessoas com esse perfil, que estão desempregados e querem voltar ao mercado de trabalho através de transporte de pessoas”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =