Embarcações são apreendidas realizando pesca irregular em Itaipu

Policiais das Unidades de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Serra da Tiririca e fiscais da Reserva Extrativista Marinha de Itaipu (Resex) apreenderam, ontem, duas embarcações de pesca industrial durante uma operação de fiscalização realizada na área da reserva, administrada pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e localizada em Niterói.

Durante a ação, duas embarcações foram flagradas praticando pesca de cerco – onde as redes são montadas de maneira com que os peixes entrem por uma pequena entrada e depois fiquem cercados – proibida pela legislação.

Os comandantes foram intimados a abrir a rede para libertar os peixes capturados. Em seguida, foram conduzidos à 77ª DP (Icaraí) para prestar esclarecimentos. Já as embarcações foram apreendidas pelas equipes do Inea.

Para a ação, cujo objetivo foi o combate à pesca predatória de grande porte, que é proibida na área, foram mobilizadas embarcações da Unidade de Polícia Ambiental Marítima do Inea e viaturas, que fizeram o monitoramento da pesca irregular da costa, orientando os barcos quanto às restrições da reserva.

Primeira unidade de conservação estadual dessa categoria, compreende a área marinha adjacente às praias de Itacoatiara, Itaipu, Camboinhas e Piratininga, e a Lagoa de Itaipu, com área de cerca de 3.943,28 hectares.

One thought on “Embarcações são apreendidas realizando pesca irregular em Itaipu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + dezoito =