Em São Gonçalo, superlotação provoca demora na realização dos testes

Camilla Galeano

Quem tenta realizar o teste da Covid-19 em São Gonçalo tem enfrentado dificuldade. Pacientes que estão indo ao Polo Sanitário Washington Luiz Lopes, no bairro Zé Garoto, dizem enfrentar até uma hora e meia na fila para passar pela triagem. Mesmo com a reclamação de problemas no atendimento, a prefeitura de São Gonçalo informa que já realizou mais de 250 mil testes e que essa procura aumentou depois que os locais de testagem foram ampliados.

É o caso da costureira Marluce Neves, de 56 anos. Ela esteve no local tentando realizar o teste de forma preventiva, mas não conseguiu. “A gente chega lá e fica numa única fila para realização da triagem onde vão informar o tipo de teste que você vai fazer. Mas eu fiquei mais de uma hora na fila”, disse.

O engenheiro Pablo Vasconcelos, de 34 nos, associou a demora ao fato das pessoas estarem buscando atendimento em um único local. “Muitas pessoas estão indo só nesse posto no Zé Garoto por ser quase Centro da cidade. Acaba sobrecarregando o atendimento. Não é nem bom essa aglomeração. Eu mesmo fui lá porque é mais perto para mim. Mas já me informei dos outros locais de atendimento”.

De acordo com a prefeitura de São Gonçalo são 13 locais que estão realizando o exame da covid-19. De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h a população pode realizar o exame no PAM Coelho, PAM Neves, PAM Alcântara, Clínica Municipal Gonçalense Barro Vermelho, Clínica da Criança (0 a 12 anos) (Estrela do Norte),  Polo Sanitário Washington Luiz Lopes (Zé Garoto), Polo Sanitário Rio do Ouro, Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima (Jardim Catarina), Polo Sanitário Hélio Cruz (Alcântara).

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e de sábado, das 8h às 13h na  Clínica Municipal Gonçalense Mutondo. Terça, Quinta e Sexta, das 9h às 16h no  Polo Sanitário Paulo Marques Rangel (Porto do Rosa). E todos os dias  no Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças (24h) e no Centro de Triagem ao Coronavírus (8h às 18h).

No Centro de Triagem é realizada a avaliação médica e a partir do início dos sintomas são realizados: os testes rápido e ou sorologia (se mais de 7 dias) e o RT- PCR, se até 7 dias dos sintomas. Quem não quer enfrentar aglomeração nos postos pra realizar o exame, pode agendar dia e horário pelo aplicativo Dados do Bem. Basta preencher um questionário respondendo perguntas como os sintomas que apresenta e receber o agendamento.

Nos demais locais de testagem rápida é feita avaliação pelo profissional de saúde. Se o paciente se enquadra nos critérios de mais de 7 dias de sintomas, é realizado na hora. Se menos de 7 dias de sintomas, o paciente é orientado a procurar o Centro de Triagem.

Inclusão de dados no sistema

Segundo a Prefeitura de São Gonçalo as inclusões no sistema de cadastro são realizadas diariamente, de acordo com a demanda de recolhimento de amostras nas unidades de pronto atendimento. Após esse cadastro, as amostras são encaminhadas à Fiocruz e levam de 5 a 7 dias para liberação dos resultados.

Mediante a informação dos dados referentes ao agravo em questão, são analisados os parâmetros do cenário epidemiológico. A partir dessa análise, são norteadas as ações em saúde pública de enfrentamento a pandemia do novo Coronavírus, como o incentivo ao isolamento social, publicações de decretos com orientações sobre as atividades econômicas, normas de prevenção e controle do agravo (como uso de máscaras e uso do álcool gel).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + três =