Em Santa Rosa, pode de árvore preocupa moradores

Raquel Morais

Nas redes sociais a poda de uma árvore na Rua Dr. Sardinha, em Santa Rosa, rendeu muita conversa entre os internautas sobre a legalidade ou não do corte. Moradores alegam que equipes da concessionária Enel, de distribuição de energia, fazem as aparas sem acompanhamento da Prefeitura de Niterói ou de ambientalistas.

Sobre a árvore em questão, a concessionária informou que não foi executada pela distribuidora de energia. Em diversos pontos de Niterói não é difícil achar árvores que praticamente ‘entram em conflito’ com a fiação. “Eu acho que essas podas deveriam acontecer de maneira mais planejada. Muitas vezes chegamos em uma rua e estão cortando os galhos maiores, a energia elétrica acaba e não tem ninguém para avisar antes da ação, por exemplo”, comentou uma niteroiense que não quis se identificar.

A Enel informou em nota que o serviço de poda é de responsabilidade da Prefeitura Municipal, sendo a distribuidora responsável apenas pela poda de galhos próximos à fiação de energia. A Enel ressaltou ainda que envia semanalmente o cronograma de podas a serem executadas para o conhecimento da Prefeitura de Niterói. Já a Prefeitura de Niterói acrescentou que tem um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade e o Ministério Público, que versa sobre as condições e procedimentos a serem realizados relacionados à poda e supressão de vegetação.

Ainda segundo o informe da administração municipal será realizada uma nova reunião entre a secretaria, o Ministério Público e Enel. Sendo identificado que a empresa não está cumprindo o acordado, a Enel será notificada e pode ser multada. No caso específico da Rua Doutor Sardinha, a secretaria está elaborando relatório de constatação e posteriormente a Enel será notificada a prestar esclarecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 3 =