EM MEIO A FUSÃO DEM-PSL, O PSD DESCARTA APOIO A LULA

Em encontro com o ex-Presidente Lula o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, descartou a possibilidade do apoio à sua candidatura anunciou a decisão do partido agregador de 35 deputados federais em apoiar a candidatura do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, filiado ao DEM de Minas Gerais.

É a primeira grande derrota política do atual líder nas pesquisas eleitorais, ampliando as chances da formação de uma terceira via, mesmo sabendo-se da possibilidade de Jair Bolsonaro não manter a sua candidatura. E esta ausência de Bolsonaro pode gerar um decréscimo nas manifestações favoráveis ao ex-Presidente.

A estratégia antiLula é situá-lo como candidato nitidamente da esquerda, embora ele se esforce em ter como vice-Presidente um candidato de centro direita.

Após o encontro com o Gilberto Pedro Kassab, o petista se reuniu com dirigentes do PSB, Psol e PC do B, todos de esquerda.

Eles procuraram aparar arestas nas divergências em diversos Estados onde composições envolvem adversários de Lula.

No Estado do Rio, Lula lançou para o governo a candidatura do deputado federal Marcelo Freixo, saído do Psol para o PSB, encontrando resistências de partidos não alinhados à esquerda, mesmo admitindo apoio a Lula.

PSL E DEM UNIDOS CRIAM O PARTIDO ‘UNIÃO BRASIL’

Numa ação marcante com vistas basicamente na sucessão presidencial, o PSL – que elegeu Bolsonaro – decidiu oficializar o projeto de fusão com o DEM, presidido por ACM Neto do qual deve se desfiliar o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, adversário de Rodrigo Pacheco.

A crise entre os dois decorreu da decisão de ACM Netto apoiar a eleição do mineiro (nascido em Rondônia) pra o Senado e do deputado Arthur Lira para presidente da Câmara. Pacheco obteve 57 votos derrotado a peemedebista Simone Tebet.

O novo partido terá, entre as suas perdas, a já anunciada saída do Ministro do Trabalho, o gaúcho Onix Lorenzoni e de personagens com outros projetos de aliança em seus Estados, bem como de outros que não aceitam a saída do DEM da linha de Centro para uma postura mais à direita

A oficialização da união só ocorrerá após três meses do trâmite do processo no TSE (28).

IMAGEM CONCILIADORA

Detentor de um mandato de deputado federal e já no primeiro de senador, o advogado Rodrigo Pacheco está com 44 anos de idade e se empenhando em apresentar uma imagem de conciliador.

Na eleição para a presidência do Senado, obteve 57 dos 81 votos dos membros da Casa, traduzindo a aceitação de políticos governistas, que o lançaram, e de integrante da oposição. Chegou a divergir de ações do Presidente Bolsonaro, mas sem a ameaça de um rompimento.

UMA CPI PARA A SAÚDE

Após encerrados os trabalhos da CPI e de avaliação das suas consequências é latente a possibilidade de ser criada a CPI para análise todos os ângulos da assistência à população, tema que garante um grande Ibope de atenção.

As denúncias sobre os altos lucros obtidos pelos Planos de Saúde e a dureza da ação contra os segurados é uma forte avaliação em meio à eficiência demonstrada pelo Sistema Único de Saúde(SUS).

A única grande intervenção federal na área – além da criação do SUS – ocorreu quando o então Ministro da Saúde, José Serra, impôs a comercialização dos remédios genéricos, similares aos “de marca” com cursos mais accessíveis para a população de menor renda.

Atualmente a fabricação e comercialização de remédios é uma “caixa preta” envolvendo o seu alto custo, o que gerou a multiplicação de farmácias privadas no país e impede o desenvolvimento das farmácias populares, como pagar a conta hospitalar e nem as despesas pós.

CUSTOS EXAGERADOS

Ganhou destaque nacional a situação de um paciente, proprietário de uma banca de jornal, cuja enfermidade o levou a 198 dias de internação num hospital particular por falta de vagas na rede pública.

Carlos Higa, de 72 anos, ficou curado após 191 dias de internação e nem as despesas posteriores.

A família contou ter optado por economizar as despesas com os altos custos dos planos de saúde, acreditando ter criado condições de desembolso para uma internação de até 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 2 =