Em luta estratégica, niteroiense Gilbert Durinho vence Stephen Thompson no UFC

Foi uma luta de paciência e estratégia, mas o lutador brasileiro Gilbert Durinho Burns derrotou o norte-americano Stephen Thompson na madrugada deste domingo (11) no UFC 264. O lutador meio-médio niteroiense venceu por pontos, por triplo 29-28 de acordo com decisão unânime dos árbitros.

A luta começou com Durinho estudando o adversário, que usava a base de carateca. Só que Durinho diminuiu a distância para Thompson e conseguiu buscar as pernas do oponente, que abriu a base e evitou a queda junto à grade. Mas na metade do assalto, o niteroiense conseguiu derrubar o americano, que travava o brasileiro e tentava se levantar, mas Gilbert conseguiu aplicar alguns golpes no rosto. Só que, nos segundos finais do round, o americano livrou-se da pressão e conseguiu evitar a sequência de golpes.

No segundo assalto, Durinho acelerou o ritmo do combate e tentava golpear o adversário, sem muito sucesso. Até que faltando 30 segundos para o fim do combate, o niteroiense derrubou o adversário mais uma vez. O americano rapidamente reagiu e os dois trocaram alguns socos na grade até o fim do assalto.

Sabendo que precisava reagir, o norte=americano foi com tudo para o terceiro e último assalto. Logo no início, Thompson acertou um belo golpe de direita, fazendo o brasileiro ficar um pouco tonto. Pouco depois, o adversário acertou outro golpe, desta vez derrubando Durinho. Mas quando partiu para cima do brasileiro para tentar o nocaute, o niteroiense conseguiu neutralizar o oponente com socos até travá-lo na grade e derrubá-lo, caindo por cima no chão. Com técnica, o Durinho usou do jiu-jitsu para manter o adversário no chão, golpeando-o e evitando que ele conseguisse se levantar. E assim foi até o fim, quando o niteroiense conseguiu controlar, na grade, os últimos instantes de luta.

Apesar da vitória, o público presente não gostou do resultado e vaiou o brasileiro. Este, por sua vez, não se importou com as vaias e comemorou bastante a vitória. Além disso, provocou os presentes para que vaiassem mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 7 =