Em duelo de tricolores, Fluminense enfrenta o Grêmio para encostar no G6

A vitória contra o Sport, no último sábado (6), fez com que o Fluminense voltasse a aspirar as seis primeiras posições do Campeonato Brasileiro o que, consequentemente, garantiria a vaga na próxima edição da Libertadores sem depender do resultado de outras competições. Na noite de hoje (9), o adversário é o Grêmio, vice-lanterna da competição.

Caso o Fluminense, 8º colocado com 42 pontos, derrote o tricolor Gaúcho e o Internacional, 7º colocado, não vença o Juventude amanhã, a equipe comandada pelo técnico Marcão sobe mais uma posição na tabela. Além disso, em meio a esse cenário, somado a uma eventual vitória do Atlético-MG contra o Corinthians, também amanhã, o Flu ficaria a apenas 2 pontos do G6.

O portal Chance de Gol, especializado em estatísticas do futebol, afirmou que, com o triunfo sobre a equipe pernambucana, as chances de o tricolor terminar entre os seis primeiros aumentaram. Após a derrota para o Ceará, o Fluminense tinha apenas 11,9% de chances de se classificar ao menos para a pré-Libertadores. Após a vitória sobre o Sport, as possibilidades subiram para 14,5%.

Um dos triunfos de Marcão é o “zagueiro-artilheiro” David Braz. Acostumado a marcar muitos gols por onde passou, mesmo sendo defensor, Braz anotou seu primeiro tento pelo Fluminense na vitória do último final de semana. Ele elogiou a assistência de Marlon e destacou a importância do resultado para o Fluminense em sua luta por uma vaga na próxima Libertadores.

“Sabia desse fundamento dele, que é muito bom. Ele costuma dar muitas assistências na carreira, que eu já venho acompanhando desde a primeira passagem dele pelo Fluminense e quando esteve fora do país. É aquela coisa, tem que ter persistência. Com toda dificuldade que tivemos durante o jogo até nessa hora aconteceu, a bola ainda bateu na trave, mas no final saiu o gol que foi muito importante para nossa sequência que tem como objetivo levar o Fluminense para a Libertadores” afirmou.

Uma boa sequência nas próximas rodadas da competição reduz a dependência de resultados das finais da Libertadores, Copa do Brasil e Sul-Americana deste ano, com times brasileiros em todas. A combinação entre campeões pode fazer com que o Brasileirão tenha até nove vagas para a próxima edição da principal competição entre clubes da América do Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =