Em clima de alerta, começa hoje a testagem ampliada para Covid-19

Começa na sexta-feira (04) o programa de testagem em massa para Covid-19 em postos determinados pelo Governo do Estado, entre eles no Hospital Estadual Alberto Torres e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Colubandê, em São Gonçalo, além do Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns, em Volta Redonda, no Sul Fluminense, com capacidade total de 1.500 por dia. O atendimento deve ser marcado pelo aplicativo Dados do Bem.

Entre as medidas do pacote de enfrentamento ao avanço do coronavírus estão ainda a abertura de novos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19, totalizando 348 leitos exclusivos. Desse número, 112 já foram abertos nos últimos dias. Os outros leitos serão disponibilizados até o próximo dia 15, de acordo com a evolução dos casos, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Educação (SES).

No mais recente alerta, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), apontou que o estado teria a maior taxa de mortalidade por coronavírus do país, inclusive sinalizando para a proximidade do Verão e a falta de leitos de UTI. A Fiocruz aletou ainda que um quarto das mortes de pacientes de Covid-19 teria ocorrido antes da chegada aos leitos de UTI. Segundo levantamento da Fiocruz, são 131 óbitos para cada grupo de 100 mil habitantes, sendo que até ontem, 22.394 mortes haviam sido registradas no estado. O Rio superou inclusive o estado de São Paulo que apresentou 91 óbitos por taxa de 100 mil habitantes. A média nacional era de 80 mortes por 100 mil habitantes.

A SES informou que a escolha das três unidades de testagem – outras unidadee serão escolhidas – levou em consideração o aumento de casos naquelas regiões e a oferta de exames RT-PCR já existente em outros municípios do estado. Em São Gonçalo, por exemplo, a elevação do número de casos vem despertando a intensificação de testagem de pacientes, inclisive realizada em postos abertos pela prefeitura, há alguns dias, além da decretação da prorrogação de medidas de isolamento social.

A parceria com o aplicativo Dados do Bem consiste na cessão gratuita da tecnologia para o estado, assim como a entrega da inteligência de dados gerada pelo aplicativo. Além disso, também será realizado o treinamento de profissionais para viabilizar a iniciativa. O objetivo é que o programa seja ampliado nos próximos dias para outras três unidades em regiões onde for identificado aumento de casos de Covid-19.

O usuário deve baixar, pelo celular, o aplicativo do Dados do Bem, realizar um cadastro e responder a um simples questionário de autoavaliação. A partir dos dados fornecidos, a plataforma indica a possibilidade de ele estar infectado pelo novo coronavírus. Uma amostragem das pessoas cujas respostas ao questionário apontarem para uma alta probabilidade de Covid-19 poderá ser chamada para a realização de testes. O agendamento dos testes será de segunda a segunda, de 7h às 19h. O usuário receberá o dia e horário do agendamento na unidade mais próxima da sua moradia pelo próprio aplicativo. O resultado fica pronto em até 72 horas e também é disponibilizado pelo aplicativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + dois =