Elogios de deputado tucano geram mal estar com o PSDB de Niterói

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) expôs no início da semana um mal estar dentro de seu partido ao postar na internet, na tarde do último domingo (05), em sua página oficial no Twitter elogios ao prefeito Rodrigo Neves (PDT) pelo que considerou como uma “ótima gestão” à frente do Executivo de Niterói depois de comentar uma reportagem de O Globo na qual fala sobre o registro de um superávit de R$ 470 milhões em 2019.

As declarações, que foram repercutidas nos bastidores políticos, causaram reação imediata dentro da legenda, que é oposição na cidade. Em um posicionamento dos tucanos em rede social assinado pelo presidente municipal, Sérgio Arthur, e pelos vereadores Bruno Lessa e Casota, o documento diz que a declaração do deputado Alexandre Frota não condiz com o pensamento do PSDB, principalmente do diretório municipal.

“Recém-chegado ao PSDB, o deputado federal Alexandre Frota ainda não está totalmente familiarizado e a par dos projetos do partido e do trabalho desenvolvido por muitos de nós, seus representantes. Principalmente em Niterói, cidade com a qual ele não tem proximidade, nem conhecimento da realidade municipal”, diz o texto.

Segundo Sérgio Arthur, talvez por isso, Frota desconheça o fato de o PSDB de Niterói ser oposição à atual prefeitura. “Inclusive, em nossa atuação no legislativo municipal, denunciamos inúmeros casos de corrupção desta gestão e defendemos uma visão mais moderna de gestão com enxugamento das absurdas mais de 50 secretarias municipais”, realçou.

Na ocasião, o diretório municipal disse já ter anunciado ter um pré-candidato para concorrer às eleições majoritárias este ano, o vereador e líder do partido na Câmara Municipal, Bruno Lessa.

Ontem o prefeito Rodrigo Neves respondeu a postagem de Frota e disse que desde 2016 é o primeiro em excelência de gestão fiscal no Rio de Janeiro. “Antes mesmo de receber um volume maior de royalties a partir de 2018 conseguimos esse resultado. A administração da cidade possui 21 secretarias(e não “mais de 50 secretarias”) e há anos não sou filiado ao PT”, respondeu Neves

O prefeito ainda entrou na “troca de farpas” entre os deputados Frota e Carlos Jordy que brigam na na internet sobre a sua administração e, ao responder ao perfil de Frota no Twitter, disse que Jordy é um mentiroso que utiliza-se de “robôs e milícias digitais”.

Segundo o prefeito, Jordy não tem coragem para ser candidato a prefeito porque sabe que a esmagadora maioria da população de Niterói o rejeita. “Ele teve 90% dos votos dele em SG e na zona Oeste do Rio”, disse Neves na postagem.

Já Jordy se defendeu e disse que teve 31.435 votos em Niterói (quase 12% dos votos válidos da cidade). “Fui o deputado federal mais votado da história de Niterói. Seu desdém cheira a medo”, concluiu Jordy. Só que a equipe de reportagem de A TRIBUNA ao conferir o resultado no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) descobriu que Jordy mentiu. O deputado federal mais votado da história de Niterói foi João Sampaio, em 1998. Após fazer o que foi considerada como uma excelente administração como prefeito entre os anos de 1993 e 1996, ele teve 52.344 mil votos na cidade na época.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − três =