Educação prepara escolas para volta às aulas em Niterói

A Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação estão aproveitando o fechamento das unidades em virtude da pandemia do coronavírus, para realizar obras de reforma e manutenção de escolas municipais em Niterói. O cronograma de intervenções segue em diversas unidades para modernizar e aprimorar a infraestrutura da rede. As mudanças serão importantes para quando o retorno escolar presencial for possível, assim como na adequação aos protocolos de segurança contra o coronavírus.

O secretário de Educação, Vinicius Wu, ressaltou que a Prefeitura de Niterói está́ empenhada em assegurar um retorno seguro as aulas. Para isso, obras e reformas estão ocorrendo em diversas escolas e seguirão, em escala gradativa e organizada, até o fim do ano.

O presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz, ressalta que uma das metas para os 100 dias de gestão é a conclusão da reforma nas unidades Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Prof. Margareth Flores, em São Francisco, UMEI Lizete Fernandes Maciel, no Jacaré, e E.M. Vila Costa Monteiro, no Atalaia, até o fim de março. A modernização de toda a rede segue como um compromisso da gestão.

Os reparos estão ocorrendo simultaneamente em diferentes unidades, desde as mais simples às reformas estruturais. As intervenções incluem a pintura interna e externa das unidades; reforma e construção de salas, pátios e quadras; melhorias nos telhados; troca de portas e janelas; padronização do laboratório de informática; e reforma de refeitórios e cozinhas, entre outros.

O início do calendário escolar da rede municipal está previsto para o dia 25 de março. A Prefeitura de Niterói vai avaliar, em conjunto com as secretarias de Saúde e Educação, se o retorno às aulas será no formato híbrido (semipresencial) ou remoto. Cada escola elaborou o seu próprio plano local de volta às aulas, seguindo as diretrizes das organizações de saúde, mas levando em consideração suas especificidades. Caso o retorno híbrido seja adotado, todas as unidades serão sanitizadas e adequadas aos protocolos de segurança.

Matrícula – A efetivação das matrículas será feita na unidade escolar contemplada entre os dias 03 e 09 de março. O responsável pelo aluno deve comparecer no local com os seguintes documentos: 3 fotos 3X4 do candidato; cópia e original da certidão de nascimento do candidato; cópia e original do comprovante de residência de Niterói (conta de luz, água, telefone, boletos em geral) e atualizado (com data a partir de outubro/2020), em nome de um dos responsáveis legais; cópia e original da carteira de identidade e CPF do responsável pelo candidato; comprovante de tipo sanguíneo e rh, nos termos da lei municipal nº 3348/18 (com prazo de entrega até 3 meses após a efetivação de matrícula); cópia e original do comprovante de benefício do programa Bolsa Família, quando for o caso; cópia e original da carteira de vacinação atualizada, para todos os anos de escolaridade; número de inscrição no Sistema Único de Saúde (SUS); cópia e original de CPF do candidato (com prazo de entrega até 3 meses após a efetivação de matrícula); cópia e original do histórico escolar ou protocolo de transferência, a partir do 2º ano do Ensino Fundamental.

Pré-Matrícula

Na quinta-feira (19), a Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação abriram a terceira e última etapa da pré-matrícula para o ano letivo de 2021 da rede municipal de Niterói. Esta fase, que se estende até o dia 24, é destinada às vagas remanescentes de todos os anos da Educação Infantil e Ensino Fundamental. Por conta da pandemia, a pré-inscrição só poderá ser feita de forma virtual pelo site www.matricula.niteroiemrede.net. O resultado será divulgado no dia 2 de março.

O secretário de Educação, Vinicius Wu, lembra que o processo de matrícula é importante para garantir o direito à educação de crianças e adolescentes da cidade. Devido à pandemia, a Secretaria vai intensificar as ações de combate ao abandono escolar para este ano letivo e implementar projetos que aproximem os jovens da sala de aula.

Podem se inscrever aqueles que não participaram das etapas anteriores ou não se sentiram contemplados com a vaga disponibilizada. O edital de matrículas foi divulgado em dezembro pela Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação.

O edital estabelece alguns critérios para que os alunos possam ser contemplados com a vaga na rede municipal. Em ordem de prioridade, é preciso: estar matriculado na rede; possuir irmão(ã) na mesma unidade; residir, preferencialmente, no bairro onde se localiza a unidade, podendo, no caso de excedente, ser encaminhado para outra região; apresentar Deficiência, Transtorno Global do Desenvolvimento ou Altas Habilidades/Superdotação; e ser participante do Programa Bolsa Família. No caso de igualdade de condições, a prioridade será para o candidato mais velho.

Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Na próxima segunda-feira (22), começa a matrícula de novos alunos para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Niterói. A inscrição deve ser realizada pelo próprio interessado, caso seja maior de 18 anos de idade, ou por seu responsável legal para os menores de 18 anos, nas unidades que oferecem a modalidade, entre 8h e 12h. A idade mínima exigida para se matricular no EJA é de 15 anos. As vagas são para todos os períodos letivos do Ensino Fundamental no 1º semestre letivo de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + dezessete =