Educação em Niterói: Capacitação e ampliação da rede entre as principais metas

“Estamos preparando uma educação melhor para os nossos alunos”, Bruno Ribeiro, presidente da Fundação Municipal de Educação

O presidente da Fundação Municipal de Educação, Bruno Ribeiro, de 34 anos, esteve na última quinta-feira (28) na redação de A TRIBUNA para falar sobre o cenário da educação municipal, investimentos, como a inauguração de novas unidades escolares em 2020, a climatização de toda a rede municipal e a capacitação dos profissionais, principalmente com o objetivo de melhorar a qualidade de ensino para alcançar os níveis propostos pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que em Niterói ficaram abaixo do esperado.

Bruno Ribeiro disse os números postos hoje são resultados do processo histórico da rede. “Quando chegamos em 2013, a questão da Ideb estava numa curva decrescente na rede municipal. Nós fizemos um trabalho de treinamento e trabalho pedagógico, inclusive com o plano de cargos e salários, com incentivos financeiros para que o profisisonal qualificado possa contribuir cada vez mais na formação dos alunos mudar esse cenário”, disse o presidente.

Segundo ele, não dá para pensar educação de curto prazo. “Tem que ser de médio e a longo e assim vamos atingir os pontos exigidos pelo Ideb. Tivemos uma prova agora no início de novembro e teremos o resultado no ano que vem. Tenho certeza que vamos alcançar os pontos exigidos também através da criação nas escolas das Olimpíadas de Matémática e de Lingua Portuguesa”, realçou.

NOVAS UNIDADES ESCOLARES — Segundo o presidente da FME, com a inauguração da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) do Vale Feliz, no Engenho do Mato, Região Oceânica (R.O.), o governo chegou a marca de 25 unidades entregue à cidade.

“Um marco muito importante para o prefeito Rodrigo Neves (PDT) e para a gestão da educação em Niterói”, realçou Bruno, ao falar que no próximo ano será a vez do bairro Ititioca, na localidade de Capim Melado, ganhar uma unidade escolar. “Estamos preparando e nossa previsão é entregar antes do ano letivo de 2020. Será um verdadeiro complexo escolar com direito a uma Umei e tudo”, disse Bruno Ribeiro.

Em fase de prestação de contas no Tribunal de Contas do Estado (TCE), um projeto de construção de uma escola no bairro Engenho do Mato, na R.O., também vai será entregue a população. “Será na Fagundes Varela. Vamos pegar essa escola que era do estado e que está em ruínas e vamos fazer uma nova. Já conseguimos a cessão do estado e com emenda parlamentar no valor de R$ 4 milhões do deputado Bittar (PT) e mais R$ 3 milhões da Prefeitura e vamos fazer mais essa obra”, comemorou Bruno Ribeiro.

CLIMATIZAÇÃO DA REDE — Bruno Ribeiro disse que R$ 10 milhões vão ser investidos para climatizar todas as escolas da rede pública municipal de Niterói, na Região Metropolitana, até 2020.

Segundo ele, hoje , cerca de 30% das 92 unidades já possuem ar-condicionado nas salas de aula.

“O prefeito já anunciou em junho. Na primeira etapa do projeto, vão ser executados serviços de manutenção preventiva das atuais estruturas elétricas das unidades escolares, para que sejam instalados os aparelhos de ar-condicionado”, disse. Ele afirmou que serão duas etapas e que o prazo de execução da primeira fase do projeto é de seis meses.

“Acabamos de licitar o processo de aumento de carga para surprir a climatização e estamos dando a ordem de início e o segundo passo é a compra e instalação dos ar-condicionados”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *