Educação adere ao retorno das aulas presenciais com o avanço da imunização

Com o avanço da vacinação, a Rede Municipal de Educação vai aderir ao retorno presencial para todos os alunos com idade igual ou acima de 12 anos, respeitando casos considerados como comorbidades, a partir da próxima terça-feira (16). As aulas presenciais passam a ser obrigatórias levando em consideração a disponibilidade de imunização dos estudantes desta faixa-etária. Já para os menores de 12 anos, o retorno fica a critério da família.

De acordo com a Secretaria e a Fundação Municipal de Educação, as unidades vão ampliar o atendimento presencial para todas as turmas. O rodízio entre os alunos será continuado, de acordo com a demanda de cada unidade, para a manutenção do distanciamento entre alunos e profissionais. A carga horária também será ampliada e passa de 3h30 para 4h30 diárias.

“O retorno 100% presencial foi autorizado pela Prefeitura de Niterói a partir de novembro, acompanhando a situação da pandemia no município. Estamos adotando a medida com muita responsabilidade, em diálogo com as escolas, adequando as regras de acordo com a especificidade de cada unidade”, afirmou o secretário de Educação, Vinícius Wu.

As famílias dos alunos com idade igual ou inferior a 11 anos que optarem pelo ensino remoto deverão se manifestar por meio de um documento escrito e entregue diretamente à unidade. A escola, em conjunto com a SME/FME, decidirá como se dará o atendimento. Os cadernos Caminhos de Aprendizagem permanecem em uso para atividades complementares, assim como os materiais produzidos pela unidade e os livros didáticos. Além disso, a plataforma Niterói em Rede continuará sendo utilizada nos sábados letivos, reforço escolar e na interação dos alunos com os estagiários do Programa de Aprendizagem Intensiva.

A assessora de Desenvolvimento da Educação, Tatiana Santos, destaca que a autorização do retorno 100% se deu pelo município estar na fase 2 do Programa Novo Normal Niterói, um conjunto de regras que está orientando a cidade neste momento da pandemia de Covid-19.

“Priorizar a reabertura segura das escolas e garantir o direito de crianças e adolescentes à educação são ações essenciais. Estamos seguindo todas as orientações para que a retomada aconteça de forma segura”, afirma.

Retorno presencial – A Rede Municipal de Educação de Niterói adotou o ensino híbrido de maneira gradual em abril. Na próxima segunda-feira (16), a UMEI Maria Luiza da Cunha Sampaio, localizada em São Francisco, retorna às atividades presenciais com a turma do GREI 5, chegando a 91 das unidades reabertas. As outras três escolas seguem passando por obras emergenciais que visam modernizar e aprimorar a infraestrutura da rede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 7 =