Ecoponte diz que mergulhão está em escavação acelerada

Raquel Morais

As obras da construção do mergulhão na Praça da Renascença, no Centro de Niterói, estão na fase da construção da laje superior. Aguardada pelos niteroienses, a intervenção é feita através de equipamentos e não pode, ainda, ser avistada. Mas em breve algumas escavações já devem ocorrer no espaço. As informações foram divulgadas pela Ecoponte, que manteve o cronograma de obras para o primeiro semestre de 2017.

A construção do túnel subterrâneo está em pleno vapor e, segundo a própria concessionária, em ritmo acelerado, mas por ser debaixo da terra a população custa a perceber alguma mudança. A obra também continua na construção das paredes do diafragma do mergulhão, que foram iniciadas em janeiro desse ano.

O túnel subterrâneo promete ser mais um instrumento para facilitar o trânsito em Niterói, no caso o Centro da cidade. Os veículos que passarem do Centro para o Fonseca e Avenida do Contorno (BR-101) vão poder passar pelo túnel, o que encurtará o tempo no trânsito. Segundo informações da Ecoponte a passagem terá 150 metros de extensão e investimento de R$ 70 milhões, parte do contrato de concessão proposto pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) para a Ecoponte.

NOVOS TRAJETOS
A Prefeitura de Niterói divulgou em janeiro que quem vem do Centro poderá acessar a Avenida do Contorno e a Alameda São Boaventura sem precisar parar no sinal, que fica na Avenida Feliciano Sodré com a entrada da Jansen de Melo, nem precisará contornar a Praça Renascença. Quem vier da Zona Norte e quiser acessar o Centro e a Zona Sul passará por cima do mergulhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 3 =