Douglas Gomes registra ocorrência contra vereadora Benny Briolly

Após ser notificado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) da acusação de tentativa de homicídio feita Benny Briolly (PSOL), o vereador Douglas Gomes (PTC) foi até a 76ª DP (Centro) e realizou registro de ocorrência por denunciação caluniosa e falsa comunicação de crime contra a vereadora, que o acusa de transfobia e de tentativa de homicídio.

De acordo com Gomes, a vereadora vem fazendo graves acusações contra sua honra, e que ela tem publicado nas redes sociais que ele teria sido indiciado por tentativa de homicídio, racismo e transfobia, “porém contava apenas com um Registro de Ocorrência”, ou seja, a polícia ainda não o indiciou, mas o tem apenas como acusado pela denunciante.

“Em nenhum momento agredi nenhum vereador, inclusive, já conversei com diversos parlamentares. As acusações são totalmente infundadas, estamos tomando as devidas providências referentes as calúnias publicadas pelo parlamentar e divulgadas pela imprensa”, afirmou.

Questionada, Briolly afirmou que tem provas e que elas foram entregues na última segunda-feira (5) quando foi até a Decradi, delegacia que é especializada em crimes raciais para registrar a ocorrência das ameaças que vem sofrendo por parte do vereador. “Minha equipe fez um relatório com todos os eventos criminosos e as publicações transfóbicas. Contei tudo o que passei”, assinalou.

Marcelo Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − dois =