Disque Denúncia recebe 339 informes sobre Coronavírus

Desde que passou a receber informes sobre Coronavírus, no dia 13 do mês passado, o Denúncia recebeu perto de 4 mil comunicados (3.776).  Na quarta-feira (1º de abril) o órgão recebeu 339 denúncias, o que representou quase 71% de todos os tipos de informes que chegaram ao sistema (478).

Os informes são provenientes de vários pontos do estado e os dados encaminhados ao sistema de saúde. A totalização de informes encaminhados para o Disque Denúncia, desde o início desse serviço passou de 2 informes, no dia 13 de março, e só cresceu desde então, atingindo um “pico” de 353 denúncias no dia 20 do mês passado, mantendo-se quase sempre em três dígitos, até os 339 do última quarta-feira.

Especificamente em Niterói, após a assinatura de um convênio, no ano passado, o Disque Denúncia se tornou mais uma “ferramenta” no combate direto ao coronavírus. Segundo o órgão, desde o primeiro registro, no dia 16 de março, foram totalizadas 159 denúncias relacionadas ao Covid-19 no município, com destaque para descumprimentos do isolamento social, preços abusivos de produtos farmacêuticos e de álcool em gel e máscaras, além da produção falsificada e venda ilegal desses produto.

O Disque Denúncia também informou sobre informes de que vão desde empresas que obrigam os funcionários a trabalharem com risco de contaminação e até sobre grupos que estariam se organizando para tentarem realizar saques em estabelecimentos comerciais. Entre os dias 20 e 29 do mês passado, foram registrados 112 informes sobre o Covid-19, média de uma denúncia em cada duas horas no município.

Total de informes recebidos pelo Disque Denúncia na Região Metropolitana: – Niterói: 198 denúncias
– São Gonçalo: 169 denúncias
– Itaboraí: 35 denúncias
– Maricá: 14 denúncias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =