Disque Denúncia pede informações visando identificar assassinos de jornalista

O Disque Denúncia divulgou, na manhã dessa sexta-feira (15) cartaz visando pedir informações, que ajudem a polícia a identificar e prender os assassinos do jornalista Leonardo Pinheiro, que administrava a página A Voz Araruamense, na Região dos Lagos. O profissional foi morto a tiros quando entrevistava moradores de uma comunidade, no bairro Parati, na tarde de quarta-feira (13).

A investigação sobre o crime transcorre em “sigilo” através do Núcleo de Homicídios da 118ª DP (Araruama), que segundo fontes policiais estaria, entre outras coisas, analisando imagens registradas por câmeras de segurança instaladas no perímetro onde o jornalista foi baleado, além de cruzar informações colhidas em depoimentos de testemunhas do crime, para apurar as circunstâncias do crime de execução.

Leonardo, ou Léo Pinheiro, como era também conhecido, era pré-candidato a vereador no município , tinha 39 anos, deixou mulher e filho. Era bastante conhecido pelo vídeos de reportagens, quase sempre voltadas para comunidades de Araruama. Policiais também informaram que diligências estão sendo realizadas visando esclarecer o crime. Léo era diretor do Projeto Casa da Família, no bairro de Bananeiras, também em Araruama.

Quem tiver qualquer informação a respeito da identificação e localização dos assassinos, pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; por mensagem na página do facebook, pelo telefone do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − dois =