‘Diretoria’ proíbe roubos nas imediações do Morro do Estado

Augusto Aguiar

Não se sabe quem teria ordenado, mas a verdade é que há cerca de uma semana vários cartazes com um comunicado – assinado apenas como ‘A Diretoria’ – foram fixados em vários postes, nas principais vias de acesso ao Complexo do Estado, no Centro de Niterói. Nos panfletos há uma mensagem proibindo roubos a transeuntes, a estabelecimentos comerciais, de aparelhos celulares, carros e motocicletas. O cartaz ainda pede respeito aos moradores da região. O “comunicado” foi fixado em esquinas como das ruas Dr. Borman, Quinze de Novembro e na Praça do Rink.

Transeuntes e comerciantes, que preferem não se identificar temendo possíveis represálias, alegaram que não viram quem teria fixado ou ordenado a colocação dos cartazes. “Esses cartazes estão aí há cerca de uma semana. Não sei quem colocou e nem que tal de diretoria é essa”, afirmou um homem que se afastou rapidamente e preferiu não se estender sobre o assunto. Um outro afirmou que não está afastada a versão que traficantes do Morro do Estado podem ser os autores do cartaz. Muitos policiais militares e civis, ao serem informados sobre o fato, a exemplo dos transeuntes e comerciantes, preferiram não fazer qualquer comentário. “Pode ter sido qualquer um. Quem garante que foram traficantes que mandaram espalhar esses cartazes ?”, arriscou a opinar um policial.

Enquanto não se descobre quem teria ordenado a colocação dos cartazes, fato é que, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), de janeiro a agosto desse ano, a incidência dos chamados “roubos de rua” (soma dos registros de roubos a transeuntes, de coletivo e de celulares) na região do Centro foi assim divulgada: janeiro (119 ocorrências), fevereiro (114), março (115), abril (139), maio (145), junho (118), julho (121), agosto (153). A totalização de ocorrências foi de 1.025, uma média de quatro ocorrências de roubos de rua por dia. Com relação aos roubos de estabelecimentos comerciais: janeiro (9 ocorrências), fevereiro (10), março (7), abril (8), maio (4), junho (3), julho (13), agosto (5); roubos de veículos: janeiro (24 ocorrências), fevereiro (12), março (16), abril (25), maio (20), junho (14), julho (20), agosto (17).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =