Diretores de escolas particulares da Educação Infantil de Niterói pedem em carta aberta a retomada das aulas

Uma carta aberta, assinada por 46 diretores de escolas particulares de Educação Infantil de Niterói, foi encaminhada ao Comitê Técnico Científico Consultivo. A reivindicação contida no documento é a retomada das aulas.

O órgão do município é responsável pela elaboração de políticas de combate à epidemia de coronavírus. A carta aberta também foi destinada ao prefeito Rodrigo Neves. Nas alegações, os diretores das escolas afirmam que as atividades foram retomadas em vários setores da cidade, mas que as escolas permanecem fechadas há cerca de oito meses, ao contrário do que ocorre em outras cidades.

Íntegra da Carta Aberta

“Niterói, 16 de Novembro de 2020

Após oito meses da suspensão das aulas presenciais na cidade de Niterói, temos a informação das autoridades que a Pandemia do COVID-19 encontra-se sob controle na cidade. A Baixa ocupação de leitos e o achatamento da curva de contágios levaram o poder público a flexibilizar o plano de transição para o novo normal em várias atividades no município. Em várias outras cidades do País já temos aulas presenciais na educação infantil muito bem avaliadas na questão sanitária da pandemia, assim como o ensino secundário em nossa cidade.

Como educadores, nos preocupa o impacto negativo da ausência de aulas presenciais do ensino infantil no desenvolvimento biopsicossocial para nossos alunos. Reprime-se a necessidade primordial da infância em desenvolver a linguagem e exercitar o corpo e a mente com a mediação de adultos capacitados e dedicados num momento neurológico ímpar e sem possível recuperação no tempo.

Já temos a recomendação da ciência, respaldada em fatos, artigos e órgãos, para o retorno das aulas presenciais com observância dos protocolos sanitários. Fomos treinados pela prefeitura e investimos em equipamentos e capacitação. As Escolas estão adaptadas para o novo normal em consonância com todas as exigências dos órgãos competentes, inclusive do sistema de vigilância escolar implantado pelo município.

Ver nossos alunos frequentando outros espaços com menor segurança que a escola nos preocupa. O Incentivo à informalidade, sem supervisão e sem protocolo de segurança é um risco que advém da necessidade dos pais voltarem ao trabalho presencial. A Escola é o local apropriado e com profissionais capacitados em espaços criados especialmente para estímulo e cuidado à criança.

Nessa última sexta-feira fomos recebidos pelo Secretário Municipal de saúde, Rodrigo Oliveira, que deu escuta à nossa demanda de retorno gradual e imediato. Gentilmente, ele posicionou-se sanitariamente a favor do nosso retorno. Direcionamo-nos agora ao Comitê Técnico Científico Consultivo e Excelentíssimo Senhor Rodrigo Neves – Prefeito de Niterói.

Subscrevemos essa carta, nós Diretores de escolas de Educação Infantil de Niterói, e demais autoridades que corroboram com a nossa demanda”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 12 =