Diretor de A Batalha do Passinho realiza oficina em Niterói

No Centro de Artes UFF, com entrada gratuita, a programação da Mostra Itinerante Prêmio Pierre Verger de Filmes Etnográficos conta com a oficina “O Filme Etnográfico: reflexões sobre o seu fazer”. O evento será hoje, das 10h às 13h, no Teatro da UFF, em Icaraí.

A oficina sobre produção audiovisual etnográfica é ministrada por Emílio Domingos, documentarista e realizador da chamada Trilogia do Corpo: “A Batalha do Passinho”, “Deixa na Régua” e “Favela é Moda” (em fase de produção). Os três documentários abordam o cotidiano de jovens moradores de favelas e periferias tendo como mote a questão do corpo e da expressão corporal.

A Batalha do Passinho acompanha o crescimento e evolução do fenômeno que apresenta um novo estilo de dançar o funk carioca. O passinho é considerado como a manifestação cultural carioca mais importante dos últimos 10 anos surgida nas favelas cariocas. Deixa na Régua mostra a rotina movimentada de três barbearias do Rio de Janeiro. Com leveza e a partir de depoimentos dos jovens que as frequentam, retrata os lugares onde a nova estética da periferia nasce e se expande.

Em fase de produção, Favela é Moda aborda o surgimento de agências de modelos nos morros cariocas e a representação do negro no mercado da moda.

A oficina integra a Mostra Itinerante do Prêmio Pierre Verger. O Prêmio Pierre Verger é organizado pelo Comitê Antropologia Visual da ABA e tem o objetivo de premiar produções de fílmicas cunho antropológico que apresentem qualidade técnica, heurística e estética reconhecida na área. A Mostra Itinerante Prêmio Pierre Verger de Filmes Etnográficos busca dar visibilidade às produções premiadas em suas edições. As exibições serão hoje às 14h10min, 16h10min, 18h40min e às 21h; com entrada gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *