Dimas Gadelha é alvo da Polícia Federal

Uma operação da Polícia Federal tem como alvo o ex-candidato à Prefeitura de São Gonçalo, Dimas Gadelha (PT), na manhã de hoje (2). O motivo da ação é a apuração de eventuais crimes eleitorais.

Ao todo, são cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Niterói, São Gonçalo e Maricá. Nesta última, Gadelha atualmente exerce função de secretário municipal de Políticas Sociais.

A operação foi batizada como $ufrágio. As investigações começaram, segundo a PF, em desdobramento da prisão em flagrante de quatro pessoas durante o 2º turno das eleições municipais de São Gonçalo, em 29 de novembro de 2020, pela prática do crime de corrupção eleitoral.

Na ocasião, foram apreendidos dinheiro em espécie, latas de cerveja e material de campanha do então candidato que não chegou a ser eleito. Cabe ressaltar que, no 1º turno, também houve registro de apreensão de material de campanha de Dimas.

A PF informou que o material apreendido na ação de hoje será analisado e, se confirmadas as suspeitas, os investigados responderão pelo delito de corrupção eleitoral, além de outros eventualmente constatados no curso das investigações.

A corporação explicou que o nome da operação faz referência à indevida tentativa de desestabilização do processo democrático eleitoral pela compra de votos. Procurado, Dimas Gadelha não havia respondido até a publicação desta matéria.

One thought on “Dimas Gadelha é alvo da Polícia Federal

  • 2 de fevereiro de 2021 em 10:25
    Permalink

    tudo pra calar a boca do cara…
    qualquer um que se oponha aos bolsonaristas tem uma visita da policia federal…
    entre a fome e a luta, a luta…não temos medo

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + sete =