Diferença do preço dos combustíveis pode chegar a 21%

Raquel Morais

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontou que o preço médio do litro da gasolina em Niterói é de R$ 4,006 e do etanol, R$ 3,572. Mas pesquisando o niteroiense pode achar os combustíveis mais baratos e economizar até 21,88%.

No Posto Quatro Primos, no Centro, foi registrada a gasolina comum mais barata da cidade, com litro custando R$ 3,799. O litro do etanol é vendido por R$ 3,199. Já no posto mais caro, o Ipiranga em São Francisco, a gasolina custa R$ 4,299 e o etanol, R$ 3,899, diferenças de 14% e 22%. O valor da gasolina está ainda 5,44% abaixo da média pesquisada pela agência no último levantamento, entre 22 e 28 de janeiro.

“Só conseguimos atingir esse valor mais barato pois compramos o combustível à vista. Tem muita gente que abastece no nosso posto que são de outros municípios como Itaboraí e São Gonçalo. Todo mundo gosta de economizar”, apontou o gerente Alex de Andrade. Já a comparação da gasolina comum para a aditivada a diferença chega aos 34,21%.

Segundo dados da ANP, o valor médio da gasolina para distribuição é de R$ 3,56 e do etanol é de R$ 3,172, já o preço médio da gasolina e do etanol no Brasil é de R$ 3,765 e R$ 2,929. “Acho que vale a pena percorrer preço e sempre toda economia é válida. Se pensarmos na economia de tudo juntamos essas diferenças e podemos pagar uma conta”, exemplificou Jorge Oliveira, 30 anos, operador de telemarketing. Colocar R$ 20 de gasolina que custa R$ 3,799 o litro, totaliza 5,265 litros do combustível. Se o mesmo valor fosse colocado no posto com preço mais caro, R$ 4,299, totalizaria 4,652 litros, diferença de mais de meio litro do combustível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − oito =