Dia dos Namorados não tem baixa em Niterói

Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontam que as vendas parceladas no Dia dos Namorados deste ano caíram -9,61% na comparação com o mesmo período do ano passado. Desde 2011 o ritmo do comércio para a data vem desacelerando, sendo que nos últimos quatro anos as vendas registram resultado negativo. Nos últimos três anos, as variações também foram negativas.

Na contramão da pesquisa, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL) diz que tem muito o que comemorar. Segundo o vice-presidente da entidade, Luiz Vieira, houve uma estabilização nas vendas e o comércio local fechou a data com ligeira alta de 0,8% em comparação ao ano passado.

“Os dados apresentados na pesquisa representam índices de vendas a crédito (parceladas), atualmente o consumidor está optando por comprar à vista com receio de compromissos futuros. Apesar de não atingirmos a expectativa, não houve queda, o que reflete de forma positiva para a entidade”, comenta.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o comprometimento da renda e a menor oferta de crédito forçaram o brasileiro a comprar presentes à vista. “Os consumidores estão mais preocupados em não comprometer o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos à vista”, explica. Roupas (30%), perfumes e cosméticos (18%), calçados (11%), acessórios como cinto, óculos e bolsas (9%), flores (7%), chocolates (5%), jantares (4%) e smartphones (3%) lideraram a lista dos mais procurados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =