Dia do Trabalho bem movimentado

Feriado nacional no Brasil e em vários países do mundo, o Dia do Trabalho – comemorado na próxima segunda-feira (01)- terá diversas atividades em Macaé. A Praça Mirante dos Navegantes (Barra de Macaé) sedia a programação realizada por diferentes órgãos da prefeitura, das 9h às 15h.

Segundo o secretário adjunto de Trabalho e Renda, Leonardo Pessanha, o foco da ação se direciona à realização de diversos serviços à população que não tem tempo de fazê-los no dia a dia. Haverá emissão da Carteira de Identidade e orientações sobre Carteira de Trabalho, Programa Bolsa Família, direitos do consumidor, emissão do Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e distribuição de kits odontológicos.

Marcando a diversidade do evento, a Praça Mirante dos Navegantes recebe, às 9h, apresentação de atividades culturais como balé, capoeira e dança de rua do Polo de Cultura do bairro Fronteira. Às 10h, num espaço preparado para a criançada, haverá contação de história.

A programação contará ainda com atividades esportivas. Às 10h30min, haverá estações de multiesportes e esportes recreativos como, por exemplo, lutas marciais, futebol, futebol de salão, futevôlei e outras atividades de lazer. Já às 13h, o público contará com atrações culturais com show o grupo do Benê Lá e às 14h, show com o cantor Rafael Miranda.

HISTÓRIA
A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores.

Dois dias após, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de 12 protestantes e dezenas de pessoas feridas.

Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano. No Brasil, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 4 =