Dia D de vacinação imunizou 1.200 pessoas em Niterói

Raquel Morais –

No último sábado (03) foi realizado o Dia D de vacinação em 92 municípios do Rio de Janeiro e Niterói foi a cidade que mais aplicou doses (1.200), seguida de 849 em Itaboraí e 608 em Maricá. Já São Gonçalo não divulgou a quantidade até o fechamento dessa edição. Em todo o Estado do Rio foram aplicadas cerca de 250 mil doses, segundo a Secretaria de Saúde, número 50% menor que a meta, que era de 500 mil.

Essa foi a terceira grande ação realizada pelo órgão contra a doença desde o ano passado. O secretário de Saúde do estado, Luiz Antonio Teixeira Jr., confirmou que o movimento de ontem foi menor do que o do dia 27 de janeiro. Ele destacou, contudo, que é importante manter o alerta sobre a importância da vacinação. “Precisamos imunizar um total de 14 milhões de pessoas, e até agora cerca de 10,5 milhões estão protegidas. A campanha continua nos postos municipais, e vamos trabalhar de forma incansável até que todo o público-alvo esteja vacinado”, comentou.

Em Niterói 48 pontos foram disponibilizados para aplicarem a vacina e a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, visitou as unidades de saúde. “É muito importante que as pessoas que ainda não receberam a dose da vacina procurem uma unidade. As doses continuam disponíveis para população de segunda a sexta-feira nos pontos de vacinação”, declarou. Segundo nota grande parte da população da cidade já está imunizada. “No município 357.380 mil pessoas receberam doses da vacina. Só no ano passado, foram aplicadas mais de 193 mil doses e, nos dois primeiros meses de 2018, 98.358 mil pessoas receberam a vacina”, afirmou a secretária.

A Prefeitura de Itaboraí informou que as ações do Dia D contra Febre Amarela foram realizadas em 39 pontos de vacinação, com aplicação de 849 doses. A Secretaria de Saúde continuará buscando não vacinados através das equipes de Saúde da Família, para que seja ampliado o percentual de cobertura vacinal, que em Itaboraí passa dos 60%. E em Maricá foram aplicadas 608 doses e a imunização prossegue normalmente no município, que alcançou 98% de cobertura, durante o bloqueio que ocorreu após o caso confirmado da doença em abril de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − seis =