DH confirma que corpo encontrado na Região Oceânica estava carbonizado

A Polícia Civil confirmou, ontem (8), que o corpo encontrado na segunda-feira (7), no bairro do Engenho do Mato, Região Oceânica de Niterói, estava carbonizado. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) investiga se a vítima é o produtor cultural Bernardo de Araújo Costa Ferreira, de 21 anos, desaparecido desde a última sexta-feira (4).

De acordo com dados preliminares da perícia, não foi possível identificar as vestimentas ou a posição do corpo. Além disso, o estado do corpo também não permitiu que, em um primeiro momento, houvesse indícios sobre a causa da morte. O cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de DNA a fim de confirmar a identidade.

Bernardo de Araújo Costa Ferreira, de 21 anos, está desaparecido desde a última sexta-feira – Foto: Reprodução/Redes sociais

Bernardo está desaparecido desde quando, segundo relatos de familiares à polícia, teve a casa invadida por criminosos no bairro Engenho do Mato. De acordo com parentes do jovem, a vítima estava acompanhada de um amigo quando criminosos invadiram sua residência, localizada na Rua Dez e começaram a roubar pertences.

Durante a ação criminosa, os bandidos mantiveram Bernardo sentado no chão da casa e, em seguida, o colocaram dentro de um veículo e fugiram sem dar pistas do destino. Os familiares fizeram diversas buscas por localidades em busca de pistas sobre o paradeiro do produtor musical. Uma informação de que a vítima estava caminhando pela Rua 55, no Engenho do Mato, em Niterói, chegou até a família do jovem, mas não foi confirmada pela polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.