Dezenas de passageiros roubados em coletivos na BR-101

Augusto Aguiar –

A ousadia dos bandidos parece não ter limites. Bastaram as patrulhas das Forças Armadas, que ainda permaneciam em pontos estratégicos e nas principais entradas de São Gonçalo se ausentarem, para que criminosos voltassem a aterrorizar a população. Na manhã de quarta-feira (01), num trecho da Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), entre os bairros do Jardim Catarina e Salgueiro, dezenas de passageiros foram vítimas de assaltos dentro de coletivos que seguiam para Niterói.

As vítimas – a grande maioria se recusou a formalizar registro de roubo em DPs – ficaram sem dinheiro e pertences. Os bandidos envolvidos nos assaltos na área de cobertura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) seriam três marginais, possivelmente do Complexo do Salgueiro.

“Estava seguindo para Niterói no ônibus da linha 417 (Viação Rio Ita/Manilha-Niterói), na manhã de ontem, quando três homens sinalizaram no ponto, como se fossem passageiros comuns. Um se posicionou na porta traseira quando o coletivo parou, e outros dois se dirigiram para a porta da frente e ordenaram para o motorista abrir para eles e o comparsa. Dentro do ônibus, demonstrando muita calma, eles anunciaram o assalto, acrescentando que a intenção não era ferir ninguém, pois só queriam recolher os pertences (dinheiro, joias e celulares). Depois desembarcaram. Eram três bandidos, sendo dois armados com pistolas. Foi no trecho da BR-101 entre o Jardim Catarina e o Salgueiro. Não havia tropas (patrulhas) do Exército e nem da PRF naquele momento”, relatou um dos passageiros, que foi vítima dos bandidos e preferiu não se identificar.

Segundo o mesmo passageiro, ao desembarcarem no Terminal João Goulart, as vítimas tiveram outra surpresa. Ficaram sabendo que pelo menos outros três coletivos que seguiam para Niterói pela BR-101 teriam sido roubados pelo mesmo trio de assaltantes.

“Vou ser sincero. Fiquei sem dinheiro e celular, mas não vou registrar queixa e acho que muita gente também não vai. Acho que não adianta nada. Acho que esses bandidos são do Salgueiro e se aproveitaram que não havia mais patrulhas do Exército posicionadas na região para praticarem esses assaltos”, concluiu a vítima.

De acordo com os mais recentes números divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), delegacias que recebem registros de roubos a coletivos, boa parte ocorridos em rodovias como as RJs 104 e 106 (Rodovia Amaral Peixoto) e BR-101 (Rodovia Niterói-Manilha), apresentaram, com exceção da 74ª DP (Alcântara), elevação na incidência de ocorrências.

Viação Nossa Senhora do Amparo
Dois coletivos da Viação Nossa Senhora do Amparo foram roubados num intervalo de poucas horas, entre o fim da noite de terça-feira e a manhã de ontem, na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106). Há suspeitas que os bandidos seriam os mesmos nas duas ocorrências. Na manhã de ontem, dois criminosos embarcaram junto com outros passageiros, na rodovia, altura do km 4,5, na localidade conhecida como Arrastão, no Rio do Ouro. Em seguida anunciaram o assalto, roubando dinheiro e pertences das vítimas. Os bandidos desembarcaram e fugiram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *