Detran fiscaliza 144 veículos e reboca 17 no primeiro dia de vistorias nas ruas

Com o fim das vistorias anuais, o Detran iniciou ontem a Operação Detran Seguro. A ação vai atuar nas ruas nos moldes da Operação Lei Seca e busca tornar o trânsito no Rio de Janeiro cada vez mais seguro. Agentes do órgão, que vêm sendo requalificados desde janeiro, farão a verificação de equipamentos obrigatórios, além de orientar os motoristas.

As ações serão filmadas por câmeras, ligadas online a uma central de monitoramento, localizada na sede do departamento. A medida é preventiva e busca dar garantia à população sobre a lisura das operações. Os agentes do Detran seguirão protocolo previamente definido para avaliar somente sete itens: pneus, lataria, vidros, placas de identificação, farol, comandos de seta e aferição de gases poluentes. São menos itens do que havia na vistoria anual, extinta definitivamente pela Lei 8.269/18, que era feita nos postos.

“A vistoria veicular anual acabou. Mas precisamos manter os nossos agentes nas ruas, fazendo a verificação dos itens obrigatórios para garantir segurança para a população. As ações também vão atuar de forma preventiva. O objetivo é termos um trânsito cada vez mais seguro”, explicou o presidente do Detran, Luiz Carlos das Neves.

O mecânico Edson Silva, de 53 anos, acha importante ter a operação nas ruas.

“Eu não sabia que as operações começavam hoje (ontem), mas como ando com tudo certinho, não tive nenhum problema. Dou total apoio à operação, que é necessária para garantir a nossa segurança”, relatou o motorista.

As ações serão acompanhadas por equipes da Educação no Trânsito, que auxiliarão os agentes na orientação aos motoristas sobre os itens a serem verificados. Eles reforçarão a importância de manter o veículo em bom estado.

Caso seja identificada alguma irregularidade, o veículo será liberado se o problema for sanado em prazo determinado. O veículo não será apreendido se tiver segurança para circular, mas o certificado de licenciamento anual será recolhido. O proprietário receberá um recibo, assinalando a entrega do CRLV, e terá entre três e sete dias úteis para se apresentar ao Detran regularizado e reaver o documento.

No primeiro dia de operação, um motorista teve seu carro removido por utilizar pneus carecas, mas entendeu e reconheceu que a fiscalização é necessária para manter um trânsito seguro.

“O Detran está correto, tem que fazer essas ações para garantir a segurança de todos”, disse o motorista. A Operação Detran Seguro conta com ações diárias, inclusive aos sábados e domingos, na capital e no interior do estado. As ações serão realizadas durante o dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *