Dêssa Souza antecipa disco com música inédita

Disponível em todos os aplicativos de música, inclusive com um videoclipe no YouTube, “Menina que Embala” é a ressignificação de um poema escrito pela artista em 2012. Gravada de maneira independente, faixa antecede o novo álbum da cantora, “Camadas”, previsto para ser lançado em abril de 2021.

Toda essa mensagem, direta e reta, é guiada por uma batida moderna, dançante e com gostinho de pista. No final das contas, os vocais dobrados de Dêssa, os contrabaixos e guitarras de Augusto Iúna, as percussões de Rafael Franja Lima, o trompete de Jonathas Noh – também responsável pela produção musical – e até um inusitado acordeon de João Carlos de Calda Leite

“Vale destacar que essa letra é, também, um retrato das inúmeras meninas que presenciei embalando bebês enquanto ainda nem haviam deixado de ser meninas. Ao mesmo tempo é sobre mim, sobre minha mãe e sobre tantas mulheres que não se recordam do afeto materno – porque realmente não o tiveram, e porque são filhas de mulheres que também não tiveram afeto e assim sucessivamente(…), mas que socialmente são criadas pra estar sempre prontas pra embalar alguém. Fala da correria de mulheres que dão o sangue e o suor, correndo dia a dia, inventando brinquedo e rango, mesmo depois de um dia puxado no trabalho, tudo que queria era ficar no ninho, descansar a mente, tomar um vinho, mas a maternidade dá poucas brechas mesmo pras que tem seus parceiros em casa, quem dirá pras que são mães autônomas”, contou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + quatro =