Desmanches ilegais em São Gonçalo são alvos da Civil

A Polícia Civil deflagrou, na manhã de terça-feira (16), a Operação Amaranto, contra uma organização criminosa de desmanche de veículos, clonagem e adulteração de placas. A ação é coordenada pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA).

A ação tem apoio de equipes de outras delegacias do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE). Os agentes estão nas ruas do município de São Gonçalo para cumprir 26 mandados de busca e apreensão.

Segundo a corporação, o combate aos receptadores de veículos é mais uma das ações implementadas pela DRFA para a redução de roubo e furto de veículos no Estado do Rio de Janeiro.

Índices em alta

Casos de roubo de veículo registraram sensível aumento no município. A Polícia Civil já investiga os casos e descobriu participação inclusive de criminosos do Rio de Janeiro na prática. O próximo passo é identificar e prender todos.

De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), na área do 7º BPM (São Gonçalo), que engloba todo o município, foram 277 casos em janeiro deste ano contra 242 no mesmo mês, no ano passado. Isto representa aumento de 15,5% no comparativo.

As altas mais sensíveis foram nas áreas da 72ª DP (São Gonçalo) e 73ª DP (Neves), que abrangem boa parte da Rodovia BR-101, considerado um dos epicentros de roubos de veículos. Ambas as distritais possuem investigações em andamento para identificar e prender os responsáveis pelos crimes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 20 =