Desligamento do sinal analógico de TV foi adiado para novembro

Quem deixou para adaptar o sinal digital no último dia poderá estender o investimento por mais algumas semanas. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações adiou para 22 de Novembro o desligamento do sinal analógico de TV. Os comerciantes comemoraram a notícia e informaram perceber o aumento nas vendas desde a última segunda-feira (23).

Em nota, o ministério informou que a mudança de sinal vai atender 1,9 milhão de pessoas no Espírito Santo e 12,4 milhões no Rio de Janeiro, que terão uma programação de TV com melhor qualidade de som e imagem, sem interferências, como chuviscos ou fantasmas. Desde o início da implantação da TV digital no Brasil, 40 milhões de pessoas já foram beneficiadas.

A vendedora Tayná Correia trabalha em uma banca de jornal no Centro de Niterói que vende os kits para a mudança do sinal. No local, o conjunto de antena, conversor e fio está sendo vendido por R$ 119. E quem quiser comprar os itens separados vai pagar um pouco mais caro: a antena custa R$ 45, o conversor R$ 85 e o cabo com cinco metros R$ 10. “As vendas estão boas e os clientes estão deixando para última hora para se adaptarem. Segunda-feira a procura foi muito boa”, comentou.

O dono da tradicional Casa Satélite, também no Centro, Horácio Paz, confirmou o aumento nas vendas dos equipamentos. Mas ele atentou alguns cuidados como investir em uma antena com uma quantidade boa de ‘elementos’. Esses são responsáveis pela qualidade do sinal captado e da imagem transmitida. A antena com 28 elementos está sendo vendida por R$ 29 e a de 38 está custando R$ 49. “A antena depende do local onde a pessoa mora. Quanto mais elementos a antena tiver, melhor sinal ela vai captar. Quando faço a venda eu já entrego tudo configurado para a pessoa fazer a instalação em casa, que funciona como um aparelho de DVD”, explicou. O conversor na loja está sendo comercializado por R$ 115 e vem com controle remoto e o fio é vendido por R$ 1 o metro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *