Desentendimento termina com três esfaqueados em Maricá

Um desentendimento, de acordo com informações preliminares, terminou com três pessoas esfaqueadas ontem (12), no bairro de Cordeirinho, em Maricá. A confusão foi denunciada a Guarda Municipal e a Polícia Militar que compareceu na esquina da Avenida Reginaldo Zeidan com a Rua 116 para verificar a informação, que à principio, foi relatada como uma tentativa de assassinato. As três vítimas e até mesmo o autor, de 17 anos, que acabou se ferindo durante os golpes, foram levados para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro.

Uma das vítimas, de 32 anos, recebeu alta e foi escutada na delegacia da cidade, a 82ª DP (Maricá). A mesma unidade recebeu o adolescente apreendido após atendimento médico. Não foram divulgados os estados de saúde das outras duas vítimas, um homem de 49 anos, e uma mulher, de 44 anos. De acordo com a Polícia Militar, nenhum dos envolvidos possuía antecedentes criminais.

Informações complementares divulgadas pela Polícia Civil no final da manhã de hoje revelaram sobre a possível motivação do crime: relatos de testemunhas afirmaram que o rapaz sofreu um surto psicótico e invadiu a residência onde as vítimas ainda internadas estavam e os atacou com golpes de picareta e já na rua atacou a vítima que restou depoimento com um caco e vidro no peito. Ele teria sido contido por populares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − oito =