Desarticulada quadrilha que explodia caixas eletrônicos em Niterói e SG

Pedro Conforte –

Desde o final de 2015 uma quadrilha – proveniente de Urberlândia, Minas Gerais – vinha explodindo caixas eletrônicos na região de Niterói e São Gonçalo. Nesta terça-feira (14), a Polícia Federal conseguiu desarticular o esquema criminoso, com a prisão de três homens. O grupo é responsável por pelo menos cinco explosões entre 2015 e 2016 na região, todos em agências da Caixa Econômica Federal.

“O grupo tinha a experiência e conhecimento nesta modalidade de crime. A quadrilha era formada por cinco pessoas, todas de Uberlândia. Três foram presos hoje (14), um morreu em um confronto com a PM e um ainda está foragido. Eles contratavam outros criminosos, como traficantes locais para fornecer segurança e outras logísticas para realizar os assaltos as agências”, explicou o delegado da Polícia Federal, Wanderson Pinheiro.

De acordo com o delegado, as investigações indicaram que o grupo criminoso foi responsável pela explosão de uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) no bairro do Rocha, em São Gonçalo, em maio de 2016, além de outras quatro explosões, como em Niterói, no bairro São Francisco. Na ocasião (11 de novembro de 2015) os criminosos explodiram um caixa eletrônico na Avenida Rui Barbosa. Esta teria sido a primeira ação deles na região. Há indícios também que a quadrilha esteja envolvida em pelo menos mais três outras ações na região de Niterói e São Gonçalo, desde novembro de 2015.

Os presos serão indiciados por furto qualificado, formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito e utilização de artefatos explosivos sem autorização.

“Todos os presos na ação de hoje (ontem) têm passagem pela polícia, tanto por roubo quanto por tráfico de drogas. O grupo agia sempre da mesma maneira, ficavam no máximo quatro minutos dentro das agências e agiam entre 3 e 4 da manhã. Eles conseguiam os explosivos por cerca de R$ 1500 cada. Na última ação no Rocha, o grupo roubo R$ 110 mil”. Completou o Wanderson Pinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − um =